10/05/2019 às 18h39min - Atualizada em 10/05/2019 às 18h39min

Audiência Pública na Câmara de Vereadores expõe problemas do esporte leopoldinense

Falta apoio financeiro, espaços públicos deteriorados, pouca estrutura da Secretaria de Esportes, não concessão de transporte e cancelamento das subvenções municipais.

Estiveram presentes professores, atletas e dirigentes esportivos das mais variadas modalidades.
Discutir as dificuldades e buscar soluções para minimizar os problemas do esporte amador em Leopoldina. Esse foi o objetivo da Audiência Pública realizada na Câmara Municipal de Leopoldina na noite desta quarta-feira (08/05). Além dos representantes dos Poderes Executivo e Legislativo, estiveram presentes professores, atletas e dirigentes esportivos das mais variadas modalidades que participaram ativamente na descrição do atual cenário em que o esporte leopoldinense está inserido.

A reunião foi comandada pelo presidente do Legislativo, Waldair Barbosa Costa, que teve ao seu lado na mesa principal do evento os vereadores José Augusto Cabral, Elvécio de Souza Barbosa, Jurandy Fófano Vieira, Flávio Lima Neto e José Ferraz Rodrigues, além do Secretário Municipal de Esportes, Edvaldo Franquido Donato do Vale, Jaime Custódio da Silva, Presidente da Liga Esportiva Leopoldinense, e o radialista Jorge Antônio Silva.

Durante os pronunciamentos iniciais, Jorge Antônio Silva lembrou a força que Leopoldina sempre teve no cenário esportivo e salientou a importância da audiência pública como a oportunidade para se discutir soluções para as dificuldades enfrentadas pelo esporte amador.

O atual presidente da Liga Esportiva Leopoldinense relatou as ações implementadas no futebol amador do município e listou alguns dos problemas enfrentados. Jaime Silva defendeu a criação de uma associação das entidades esportivas.

Assim que foi disponibilizada aos presentes a oportunidade de fazer pronunciamentos, foram registradas cerca de 22 manifestações de representantes de variados segmentos esportivos: futebol, natação, basquete, atletismo, ciclismo, futebol de mesa, capoeira, luta, entre outros.

Na avaliação de alguns participantes, o esporte está sendo negligenciado em Leopoldina em virtude dos muitos problemas relatados pelos desportistas, tais como a falta de apoio financeiro, ausência de espaços adequados para a prática esportiva, falta de manutenção em campos de futebol, pouca estrutura da Secretaria de Esportes, cancelamento das subvenções municipais, não concessão de transporte e espaços públicos deteriorados.

Os manifestantes também salientaram a necessidade de organização dos agentes esportivos no sentido de apresentar documentos junto à Secretaria de Esportes para ajudar na arrecadação do ICMS Esportivo e cobraram maior transparência na utilização desses recursos. Foi sugerida a elaboração de um calendário de eventos, a recuperação do Ginásio Poliesportivo do Bairro Bela Vista e realização de um trabalho junto às escolas para valorização da base.

Por conta das dificuldades apontadas pelos participantes, o secretário Edvaldo Franquido Donato do Vale explicou o trabalho de sua pasta e as complicações vivenciadas nela, tais como falta de recursos financeiros e de material humano.

Os membros da Comissão Permanente de Esportes da Câmara, José Augusto Cabral e Elvécio de Souza Barbosa, informaram que acompanharão os desdobramentos desta audiência e as medidas que poderão ser adotadas no atendimento às demandas apresentadas durante a reunião. Os parlamentares Jurandy Fófano Vieira e José Ferraz Rodrigues também fizeram manifestações em apoio aos desportistas locais.

Segundo o proponente da audiência pública, a discussão foi muito positiva. Waldair Barbosa Costa acredita que o encontro mostrou como Leopoldina é grande no esporte. O vereador destacou o espírito de voluntariado dos desportistas e defendeu que outros encontros aconteçam com a finalidade de avançar na discussão de possíveis soluções para o setor.

Fonte> Câmara Municipal de Leopoldina
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »