15/05/2019 às 10h46min - Atualizada em 15/05/2019 às 10h46min

Moradores agradecem ao Jornal pela publicação que resultou na limpeza da Escola da Cohab Nova

Com a publicação no Jornal Leopoldinense, a situação chegou ao conhecimento das autoridades, que providenciaram a limpeza do local.

Luiz Otávio Meneghite
Moradores da Rua Wilson José Valentim e adjacências, onde está situada a Escola Municipal Leize Lessa Valentim, no Bairro Dr. Joaquim Furtado Pinto, popularmente conhecido como Cohab-Nova, enviam mensagem à Redação do Jornal Leopoldinense para agradecer às autoridades responsáveis pela limpeza na sede daquele estabelecimento de ensino, após o alerta publicado no jornal de que a escola, que foi desativada em 2019, estava com aspecto de abandonada e com mato alto.
O mato tomou conta de toda a área da escola



De acordo com a publicação feita na edição online do Jornal Leopoldinense no dia 09 de maio de 2019 a escola municipal desativada estaria abandonada com mato alto encobrindo a presença até de usuários de drogas e servindo de criatório de ratos, baratas e até cobras.

Pertencente ao patrimônio municipal, a escola que até o ano de 2018 integrava a rede municipal de ensino, foi desativada e ficou literalmente abandonada, como mostraram as fotos enviadas por moradores nas imediações das instalações. Em mensagem enviada ao Jornal Leopoldinense a vizinhança pediu que a prefeitura mandasse fazer uma limpeza e capina na escola onde o mato estava passando acima da altura do muro  mais ou menos 1 metro e meio.
 
Com a publicação no Jornal Leopoldinense, a situação chegou ao conhecimento das autoridades, que providenciaram a limpeza do local como mostram novas fotos enviadas à Redação pelos moradores que agradeceram pela publicação que resultou na ação da Prefeitura.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »