31/07/2019 às 19h03min - Atualizada em 31/07/2019 às 19h03min

Após um mês de recesso vereadores de Leopoldina voltam a se reunir em 5 de agosto

No primeiro semestre eles aprovaram 21 projetos, 225 indicações, 176 moções de congratulações, 57 moções de pesar, 22 representações e 74 requerimentos.

O Plenário da Câmara ficou vazio durante o mês de julho
Durante o mês de julho, a Câmara de Leopoldina esteve em recesso parlamentar – período no qual não foram realizadas reuniões ordinárias, ainda que a Casa continuasse aberta e trabalhando. Finalizando o primeiro semestre do ano, o Parlamento Municipal divulgou um balanço das atividades legislativas.

Nestes seis meses de 2019, foram aprovados 21 projetos, sendo 11 projetos de lei ordinária, 9 projetos de resolução e 1 projeto de lei complementar. Foram apreciadas 225 indicações, uma ferramenta legal pela qual o parlamentar, após identificar demandas da população, cobra providências do Executivo. Também foram aprovadas 176 moções de congratulações, 57 moções de pesar, 22 representações e 74 requerimentos. Foram realizadas 30 reuniões ordinárias, 2 reuniões extraordinárias,  2 sessões solenes e 1 audiência pública.  

No plano administrativo, a Mesa Diretora tomou medidas a fim de diminuir gastos e contribuiu com o município repassando R$120.000,00 como devolução antecipada. Ainda foi possível investir em manutenção e compra de equipamentos, como aparelhos de ar condicionado, mesas, cadeiras, novas instalações elétricas e utilização de torneiras sensorizadas nos sanitários. Durante o recesso, o Salão Nobre Antônio Sérgio Lima Freire recebeu serviços de reforma, pintura e novo sistema de refrigeração.

Concluído o recesso parlamentar, a Câmara Municipal retornará com as reuniões ordinárias. A próxima sessão será realizada no dia 5 de agosto de 2019, às 18h15min, com transmissão ao vivo.
 
Fonte> Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »