16/08/2019 às 21h52min - Atualizada em 16/08/2019 às 21h52min

Prefeitura aguarda tramitação de projeto de estacionamento rotativo na Câmara de Vereadores

Projeto atende antiga reivindicação das entidades e empresários do comércio que consideram que a medida deve melhorar a atividade econômica da cidade.

Ruas do centro de Leopoldina ficam assim (Foto: Luciano Baía Meneghite/jornal Leopoldinense
Iago Geraldo Xavier (*)
 
O prefeito José Roberto de Oliveira encaminhou à Câmara Municipal de Leopoldina, um projeto de lei que autoriza o funcionamento de estacionamento rotativo pago - Zona Azul - visando melhoria do trânsito e a facilidade do estacionamento de veículos, especialmente no centro comercial da cidade. Tal medida atende a necessidade de grande parte da população, visto que a movimentação de veículos se tornou desproporcional à estrutura viária de Leopoldina.
 
A finalidade do sistema de estacionamento rotativo pago, popularmente conhecido como Zona Azul, nas vias e logradouros centrais da cidade é disciplinar o estacionamento nos espaços públicos, dando oportunidade ao uso racional das vagas para que o maior número possível de usuários possa usufruir do sistema em condições de igualdade.
 
A proposta encaminhada pelo prefeito para ser apreciada e votada pelos vereadores ainda não tem data certa para vigorar e depois de transformada em lei, ainda terá que ser feita uma licitação para escolha de empresa especializada para gerir o sistema pelo prazo inicial de 10 anos.

Segundo texto do projeto, o estacionamento rotativo será denominado “Zona Azul” e será explorado e operado por meio de concessão, mediante licitação pública. As vias e logradouros públicos que receberão o sistema rotativo pago serão determinadas por decreto do Poder Executivo. Os horários de funcionamento serão definidos no ato convocatório de concessão.

O projeto determina que o estacionamento rotativo será permitido mediante o pagamento de tarifa mínima de R$2,00 (dois reais), correspondente ao período de 1(uma) hora. As motocicletas e motonetas ficarão sujeitas ao pagamento de tarifa diferenciada, correspondendo a 50% do valor cobrado para automóveis
 
"O estacionamento rotativo, sem dúvida, é um fator importante para melhorar os resultados do comércio e acesso aos centros comerciais. Precisamos melhorar a economia da nossa cidade e com certeza a atividade comercial é uma das principais fontes que mantém o crescimento econômico." - disse o Prefeito José Roberto de Oliveira.

(*) Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »