28/08/2019 às 18h47min - Atualizada em 28/08/2019 às 18h47min

Em reunião extraordinária, vereadores apreciam projetos do Executivo

A Câmara de Vereadores aprovou suplementação de 1%, ajuda financeira para Feira da Paz e Cantata de Natal e rejeitou empréstimo de R$3 milhões junto ao BDMG.

Vereadores na reunião de terça-feira, 27 de agosto de 2019(Reprodução - CML)
Com a presença de todos os vereadores, a Câmara Municipal de Leopoldina realizou na terça-feira, 27 de agosto de 2019, a primeira reunião do segundo período de reuniões extraordinárias. Na pauta de discussões, três projetos de autoria do Poder Executivo.

A matéria que provocou maior discussão durante a sessão foi o Projeto de Lei nº 25/2019 que solicitava autorização para o Município de Leopoldina contratar com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais S/A – BDMG, Operações de Crédito até o montante de R$3.000.000,00 (três milhões de reais).

Durante a discussão do projeto, os vereadores se alternaram em depoimentos justificando seus posicionamentos. Ao final, o projeto foi rejeitado ao receber 10 votos contrários (Waldair Barbosa Costa, José Augusto Cabral, Jacques Villela, Valdilúcio Malaquias, Flávio Lima Neto, Antônio Carlos Martins Pimentel, Jurandy Fófano Vieira, Sebastião Geraldo Valentim, Pastor Darci Portella e José Ferraz Rodrigues) e 5 votos favoráveis (Kélvia Raquel, Ivan Nogueira, Elvécio de Souza Barbosa, Rogério Campos Machado e Hélio  Batista Braga de Castro).

Durante a sessão, também foi apreciado o Projeto de Lei nº 31/2019 que dispõe sobre a abertura de Créditos Suplementares no Orçamento Municipal de 2019 até o limite máximo de R$5.588.586,36, correspondendo a 5% do orçamento vigente.  Durante sua discussão, a matéria sofreu modificação, através de emenda de autoria do vereador Rogério Campos Machado, alterando o percentual de 5% para 1%. A emenda e o projeto foram aprovados por unanimidade.

Os vereadores ainda apreciaram o Projeto de Lei nº 34/2019 que dispõe sobre a concessão de contribuições no valor de R$40.000,00, sendo R$30.000,00 para a Feira da Paz, evento organizado pela APIL – Associação das Pioneiras de Leopoldina e R$10.000,00 para Cantata de Natal, evento organizado pelo Conservatório Estadual de Música Lia Salgado. Após as discussões regimentais, a matéria foi aprovada em regime de urgência por unanimidade.

Fonte> Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »