14/10/2019 às 14h36min - Atualizada em 14/10/2019 às 14h36min

Leitor reclama de lentidão no desmonte de pedra na ligação dos bairros São Cristóvão e Três Cruzes

“O serviço além de lento é falho, pois do dia 6 até o dia 10 de outubro, não foi realizado qualquer trabalho na pedra”, afirma o leitor.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
Pode se observar que será um serviço demorado (Foto Arquivo- Jornal Leopoldinense)
O leitor do Jornal Leopoldinense e morador no bairro Três Cruzes, Cid Oliveira, envia mensagem à redação na qual faz um relato dos transtornos ocasionados pelo desmonte da pedra abaixo de onde funcionou a Pedreira Brasil. Diz ele em sua mensagem:


“Essa placa mostra como é desastroso o desmonte da "pedra rachada" na única via de acesso ao bairro três cruzes fora da (perigosíssima e violenta) BR 116. O serviço além de lento é falho, pois do dia 6 até o dia 10 de outubro, não foi realizado qualquer trabalho na pedra. E para minha indignação, Município, Ministério Público, DNIT estão tapando sol com a peneira em relação aos moradores do bairro no que diz respeito em agilizar o serviço para a liberação da única e segura via de acesso ao bairro Três Cruzes. E pra finalizar, note na placa que o prazo para finalizar o serviço é "2 (DOIS) Meses"!!! O que quer dizer isso? Pra mim é a placa do descaso. Porque qualquer obra deveria ter data de início e término do serviço”.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »