04/01/2020 às 20h32min - Atualizada em 06/01/2020 às 23h03min

Pavimentação em bloquetes no acesso ao bairro Alto da Boa Vista está se esfarelando

Engenheiro reconhece que os problemas na pavimentação foram causados pela má qualidade do material utilizado e garantiu solução do problema até final de Janeiro

Edição> Luiz Otávio Meneghite
As deformações na pavimentação da via de acesso estão gerando risco ao tráfego no local
O leitor identificado pelas iniciais J.O.W., morador no Alto da Boa Vista, enviou mensagem ao Jornal Leopoldinense pedindo a divulgação do péssimo estado em que se encontra o piso feito em bloquetes que pavimentam as ruas do bairro, especialmente a via de acesso que está se esfarelando.
 
Segundo ele, “inúmeras reclamações já foram  feitas através da imprensa, mas até o presente momento, nenhuma providência foi tomada e a situação está cada vez pior e ainda temos que arcar com prejuízos nos veículos devido as crateras abertas no acesso principal ao bairro”, assinala.

Engenheiro da empresa Ilha anuncia soluções para o problema até o final de janeiro


O engenheiro civil Victor Fidelis Dias, representante da Empresa Ilha Empreendimentos e Serviços


O engenheiro civil Victor Fidelis Dias, representante da Empresa Ilha Empreendimentos e Serviços, responsável pelas obras do Bairro Alto da Boa Vista (Empreendimento Solar-Minha Casa, Minha Vida), esteve participando da sessão ordinária da Câmara Municipal de Leopoldina, realizada no dia 17 de dezembro de 2019 em atendimento a Requerimento de autoria do vereador Elvécio de Souza Barbosa, subscrito por Rogério Campos Machado. O engenheiro foi convidado para explanar sobre os problemas de infraestrutura detectados no Bairro, principalmente na pavimentação das ruas e nos imóveis.

Inicialmente, o convidado reconheceu que as deformações na pavimentação das vias estavam gerando risco ao tráfego no local. Ele informou que foi feita uma vistoria e constatou-se que houve um problema na fabricação do lote de bloquetes utilizados nas ruas do bairro.

Victor Fidelis Dias comentou que o fornecedor foi procurado e vai repor todo o material danificado, enquanto que a empresa Ilha cederá mão de obra para reparar os trechos que estão com problemas.

Questionado sobre a necessidade de manutenção nos imóveis, o engenheiro explicou que os moradores possuem o telefone do ponto de apoio da empresa para encaminhar qualquer reclamação. Segundo ele, semanalmente ou de quinze em quinze dias, uma equipe da empresa vem ao bairro para resolver os problemas, como ocorreu na semana passada, quando foram sanadas três reclamações.  

Victor Fidelis garantiu que esse procedimento vem sendo adotado desde a saída do funcionário que era responsável apenas pelo ponto de apoio. Ele explicou que, assim que uma obra desse porte é entregue, os problemas vão aparecendo de imediato, mas, com o passar do tempo, a população vai se adaptando ao bairro e as reclamações diminuem.

Questionado pelo vereador Elvécio Barbosa sobre um prazo para solução das imperfeições na pavimentação das vias, Victor Fidelis disse que é necessário um tempo para fabricação do novo material e garantiu que, até o final de Janeiro de 2020, o problema será solucionado.

O engenheiro ainda esclareceu que os defeitos na infraestrutura não foram causados pelo tráfego intenso das pessoas no local, mas, sim, em virtude de um erro no lote de fabricação do material. Segundo ele, os novos bloquetes estão sendo adquiridos com garantia de qualidade.

Ao final da explanação, Elvécio de Souza Barbosa disse que ficou satisfeito com as respostas do engenheiro e salientou que o objetivo principal era informar aos moradores do Bairro Alto da Boa Vista um prazo para a solução do problema. Em seguida, o Presidente Waldair Barbosa Costa agradeceu a atenção do engenheiro Victor Fidelis Dias em atender ao convite da Câmara para prestar esclarecimentos ao vereadores.

Com informações do Portal da Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »