24/05/2020 às 10h30min - Atualizada em 24/05/2020 às 18h00min

Feira Livre da Agricultura Familiar de Leopoldina poderá voltar a funcionar nos próximos dias

A Prefeitura Municipal de Leopoldina aderiu ao Plano Minas Consciente e entre vários segmentos que serão liberados a Feira do Produtor estaria incluída.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
Muitos agricultores da Feira Livre do Produtor serão beneficiados com o retorno à atividade(Foto Aquivo Jornal Leopoldinense)
O Prefeito José Roberto de Oliveira está avaliando junto ao seu secretariado e autoridades superiores e parceiras, a volta gradativa à atividade de vários segmentos de comércio, indústria e serviços no âmbito do Município de Leopoldina.

Uma fonte do Jornal Leopoldinense disse que no início da semana deverá ser assinado algum ato oficial relacionando o que deverá voltar a funcionar e entre os setores beneficiados estaria a agricultura familiar com o possível retorno da Feira Livre do Produtor, que antes da pandemia do COVID 19 funcionou na Praça João XXIII, no centro da cidade. Excepcionalmente, quando o espaço naquele local fica ocupado com outros eventos, a feira funciona na Praça Félix Martins.

A Feira Livre do Produtor tem a supervisão das secretarias municipais de Agricultura, Pecuária, e Abastecimento e de Desenvolvimento Econômico de Leopoldina, com a orientação técnica do escritório local da Emater-MG.

Sabendo da importância social e econômica deste trabalho, a Prefeitura Municipal de Leopoldina, já solicitou junto a diretoria da EMATER-MG em Belo Horizonte a possibilidade de liberação de mais algumas barracas para atender novos produtores interessados em participar deste projeto.

Feira livre gera renda para o produtor e emprego para o Município.

A Feira Livre do Produtor Rural de Leopoldina foi criada a partir da iniciativa da EMATER-MG em parceria com a Secretária Municipal de Agricultura de Leopoldina, objetivando beneficiar agricultores familiares de diversas localidades rurais do Município, que produzem hortaliças, frutas e produtos da agroindústria.

Antes da criação da Feira Livre, estas famílias comercializavam seus produtos em mercados da sede do Município e para outros atravessadores. A partir da instalação deste projeto, estes agricultores passaram a ter a oportunidade de vender seus produtos, diretamente para os consumidores urbanos a preços justos, proporcionando a estes consumidores, acesso a produtos frescos de boa qualidade a preços acessíveis, e a certeza da oferta em dias determinados.

Desde a sua criação a feira vinha sendo realizada as quartas e sábados, a partir das 6 horas da manhã, na Praça João XXIII, no centro da cidade. A Prefeitura Municipal de Leopoldina realiza a limpeza do local, montagem, guarda e manutenção das barracas, cedidas pela EMATER-MG.

Cabe a EMATER-MG também a responsabilidade do acompanhamento técnico aos produtores participantes e a emissão de laudos de produção, para certificar que todos os produtos comercializados sejam oriundos das propriedades cadastradas.

Atualmente, alguns dos agricultores familiares que participam da Feira Livre estão também comercializando seus produtos junto ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), diretamente para escolas das redes estadual e municipal de Leopoldina.

A iniciativa de criação desta Feira Livre,  constituiu-se em uma excelente alternativa de renda para as famílias participantes e oportunidade de emprego para o Município.

Com informações de Cimar Onofre Barbosa, da Emater de Leopoldina
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »