06/09/2014 às 08h47min - Atualizada em 06/09/2014 às 08h47min

Aécio:Boa gestão pública de Minas levou ao reconhecimento do ensino de qualidade

O candidato à Presidência da República pela Coligação Muda Brasil, Aécio Neves.

O candidato à Presidência da República pela Coligação Muda Brasil, Aécio Neves, afirmou, nesta sexta-feira (5/9), que a gestão qualificada e a meritocracia na administração de Minas Gerais são responsáveis pela sua classificação como o Estado brasileiro com a melhor educação pública do ensino fundamental. Pelos dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), Minas lidera na qualidade da educação tanto nos primeiros quantos nos últimos anos do ensino fundamental na rede pública.

Governador de Minas por oito anos (2003-2010), Aécio ressaltou que a divulgação dos números deve ter desagradado ao governo federal, que evita reconhecer as virtudes das administrações de oposição.

"Minas Gerais está sendo anunciado hoje, talvez com algum dissabor para aqueles que estão no governo federal, como o Estado que tem a melhor educação pública fundamental entre todos os Estados brasileiros", destacou Aécio. "A boa gestão pública é o instrumento mais valioso que temos para melhorar a vida das pessoas. O esforço que fizemos em Minas Gerais foi recompensado."

Aécio visitou a 37ª Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários (Expointer), em Esteio (RS), na região metropolitana de Porto Alegre.

Desafios

O candidato à Presidência lembrou que Minas não é o Estado mais rico nem o mais homogêneo. "Ainda temos diferenças muito grandes no nosso território. São 853 municípios: temos o Vale do Jequitinhonha, o nosso mineiro Mucuri, com IDH ainda abaixo da média nacional. Mesmo com tudo isso, mostramos que, com a gestão qualificada, a meritocracia no setor público traz resultados concretos para as pessoas."

Aécio estranhou a demora na divulgação dos dados do Ideb. "Por alguma razão, o governo manteve esses dados retidos por mais tempo do que de costume. Nos últimos anos, eles sempre foram liberados até o final de agosto", disse ele, que aproveitou para reforçar o seu compromisso de dar prioridade à educação no governo federal.

Assessoria de Imprensa do PSDB


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »