21/05/2021 às 16h19min - Atualizada em 21/05/2021 às 16h19min

Presidente do TJMG recebe comitiva da comarca de Palma

O encontro tratou da construção do novo fórum da comarca

O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Gilson Soares Lemes, recebeu, nesta quinta-feira (20/5), o deputado estadual Fernando Pacheco, o desembargador Peixoto Henrique, o procurador municipal da cidade de Palma, Dhionathan Oliveira dos Santos e o secretário municipal de Educação de Palma, Alan da Silva Carvalho.

"A comitiva da comarca de Palma veio tratar da construção de um novo fórum, o que é uma pretensão legítima, já que há muito tempo a população da região aguarda para que haja uma remodelação ou a construção de uma nova casa da justiça. Nós vamos buscar o apoio da Diretoria Executiva de Engenharia e Gestão Predial (DENGEP) do TJMG para que possa antecipar a licitação dessa obra para este ano, pois estava prevista para agosto de 2022", disse o presidente Gilson Soares Lemes.

De acordo com o presidente do TJMG, os integrantes da comissão ficaram satisfeitos com a possibilidade de antecipação. "A previsão é que a obra dure cerca de 10 meses, com isso, a inauguração do novo fórum está prevista para o ano que vem. A nova casa da justiça vai possibilitar melhores condições de trabalho para magistrados, servidores, advogados e beneficiar a população da região".

O desembargador Peixoto Henriques, que é natural de Cataguases, cidade vizinha de Palma, disse que ficou muito satisfeito com a objetividade do presidente do Tribunal de Justiça.

"Como sempre, nosso presidente foi bastante objetivo em suas decisões e colocações, e mais uma vez o Tribunal nos dá esperança de que realmente os nossos jurisdicionados possam ser atendidos em suas mais lídimas reclames. A possibilidade de antecipar a licitação é uma forma de resgatar a esperança desses nossos jurisdicionados. O novo prédio do fórum sinaliza que a justiça mineira está presente ao lado daqueles que pretendem construir uma cidade progressista e uma comunidade fraterna e, sobretudo, justa", enfatizou o desembargador Peixoto Henriques.

O deputado estadual mineiro Fernando Pacheco, natural de Palma, afirmou que o maior objetivo das autoridades locais é promover o desenvolvimento não só econômico, mas também social para a região. "Entendemos que o fórum é um ponto primordial na estrutura do serviço público, assim como a prefeitura e câmara de vereadores. A construção da nova sede do poder judiciário em Palma vai beneficiar cerca de 30 municípios e distritos da microrregião Cataguases/Leopoldina. A comarca de Palma é uma das mais antigas do estado, com 130 anos, e há muito tempo necessita de melhorias na infraestrutura", disse o parlamentar.

Acessibilidade

O procurador municipal da cidade de Palma, Dhionathan Oliveira dos Santos informou que, atualmente, o poder judiciário local funciona em um prédio juntamente com o Ministério Público e Justiça Eleitoral.

"Embora seja notório o trabalho prestado pelo judiciário na comarca, nós, da comunidade jurídica, vemos a necessidade de ampliação desse atendimento, principalmente pela questão da acessibilidade, já que a atual sede não permite o acesso ao cadeirante. A nova sede vai trazer para os jurisdicionados um melhor acesso à justiça cumprindo a principal função do Poder Judiciário, de entregar justiça para coletividade", destacou o procurador municipal.

Dhionathan Oliveira dos Santos disse ainda que apesar de uma reforma recente, a estrutura do atual fórum é limitada, principalmente de espaço e de acessibilidade. "A nova edificação vai atender a demanda que não é só do município de Palma, mas também de toda a comarca, que abrange também o município de Barão do Monte Alto. A população da região será beneficiada não somente por uma questão estética, mas também funcional, com uma estrutura moderna e adequada aos tempos atuais".

Também participaram da reunião os assessores parlamentares Henrique José e Édson Hessel.

Assessoria de Comunicação Institucional - Ascom
Tribunal de Justiça de Minas Gerais - TJMG

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »