15/06/2021 às 09h24min - Atualizada em 15/06/2021 às 09h24min

Doação de sangue cai e campanha de conscientização sobre as doações é lançada.

O mote principal da ação é ressaltar o impacto de cada doação e a segurança fornecida nos hemocentros do país durante a pandemia.

Um gesto de amor
As doações de sangue acontecem todas as quintas-feiras das 8 as 16h no Polo de Saúde Agostinho Pestana
A campanha “Doe sangue regularmente. Com a nossa união, a vida se completa”, foi lançada nesta segunda-feira (14), pelo Ministério da Saúde. O mote principal da ação é ressaltar o impacto de cada doação e a segurança fornecida nos hemocentros do país durante a pandemia. 

Podem doar sangue pessoas com idade entre 16 e 69 anos, em bom estado de saúde. É possível realizar online o agendamento para a doação de sangue no site da Hemominas. Para doar, é imprescindível a apresentação da carteira de identidade ou outro documento com foto. 

Posto de Coleta do HEMOMINAS de Leopoldina

Desde sua primeira coleta no dia 10 de setembro de 2015, o Posto de Coleta do HEMOMINAS de Leopoldina vem superando expectativas com uma repercussão cada vez maior na região. A boa aceitação da população tem contribuído bastante para um número cada vez maior de doadores.

A doação de sangue é um ato de amor e generosidade com o próximo. O sangue é um remédio que não conseguimos comprar em uma farmácia, não existe nenhuma substância que substitua o sangue. A única forma de consegui-lo é através da doação.

Vale ressaltar que os homens podem doar de dois em dois meses e as mulheres de três em três meses. Para doar sangue não precisa estar em jejum e é importante uma boa hidratação, tanto no dia da doação como no que antecede. As doações de sangue acontecem todas as quintas-feiras das 8 as 16h no Polo de Saúde Agostinho Pestana, que fica localizado no prédio em frente ao hospital de Leopoldina.

Fontes> Ministério da Saúde, Fundação Hemominas e Arquivo do Jornal Leopoldinense
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »