23/09/2014 às 20h31min - Atualizada em 23/09/2014 às 20h31min

Pimentel chega a 44% e mantém vantagem sobre 2º colocado

Pesquisa divulgada pela Rede Globo de Televisão aponta vitória em primeiro turno do candidato a governador pela coligação Minas Pra Você

Fernando Pimentel pode vencer no primeiro turno.

Faltando 12 dias para as eleições para o Governo de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), candidato da coligação Minas Pra Você, mantém a vantagem de 19 pontos percentuais em relação ao segundo colocado, Pimenta da Veiga (PSDB), e venceria a disputa já no primeiro turno.

É o que mostra pesquisa Ibope encomendada e divulgada hoje pela Rede Globo de Televisão. Segundo o Ibope, Pimentel tem 44% das intenções de voto no estado, ante 25% de Pimenta da Veiga (PSDB).

Pimentel subiu um ponto percentual em relação à última pesquisa Ibope, divulgada em 16 de setembro. Tarcísio Delgado aparece em terceiro, com 4%. Os demais candidatos, somados, têm 3%.

Pimentel venceria no primeiro turno porque seu percentual de intenção de votos é maior do que o de todos os demais candidatos somados. Os 44% de Pimentel superam os 32% da soma de todos os outros candidatos.

Num eventual segundo turno, a pesquisa também aponta a vitória de Pimentel, que teria 46% dos votos, ante 28% do segundo colocado. Já o tucano Pimenta da Veiga é líder no percentual de rejeição. Segundo o Ibope, 13% dos eleitores não votariam em hipótese alguma no tucano.

“A pesquisa sinaliza que os mineiros e mineiras estão confiantes em uma nova atitude em Minas, uma nova forma de governar, pautada no diálogo e voltada para as pessoas”, disse Pimentel, ponderando, porém, que é preciso seguir “com humildade e muito trabalho”.

Pimentel vê nos números um reconhecimento de sua trajetória política e de seu trabalho como prefeito de Belo Horizonte. São marcas da gestão Pimentel, o Vila Viva, o Centro de Especialidades Médicas (CEM), o Orçamento Participativo, idealizado por Patrus Ananias e aprofundado por ele, e as escolas de ensino infantil, as UMEIs.

O candidato disse, contudo, que a pesquisa que vale é a do dia 5 de outubro. “Respeito muito a opinião dos mineiros, que saberão escolher o melhor projeto para Minas Gerais. O que vale é o voto deles no dia 5. Até lá, é trabalhar para levar as nossas propostas ao maior número de eleitores”, afirmou.

Pimentel observou, ainda, que o trabalho de ouvir os mineiros não se esgota com o fim do processo eleitoral. “A minha proposta é ouvir para governar. Ouvimos os mineiros e as mineiras na fase de construção do programa de governo. Vamos ouvi-los para tirar essas propostas do papel”, concluiu.

A pesquisa ouviu 2.002 eleitores entre os dias 20 e 22 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O índice de confiança é de 95%. Está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o número 00114/2014.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »