30/08/2021 às 14h19min - Atualizada em 30/08/2021 às 14h19min

Energisa inicia seleção de projetos para melhoria de eficiência energética em Minas

Inscrições já podem ser feitas e vão até 22 de outubro.

Comunicação Social Energisa
O investimento na área de concessão da Energisa em Minas Gerais será de R$ 900 mil. (Divulgação Energisa)
A Energisa inicia a Chamada Pública 2021 de projetos do Programa de Eficiência Energética (PEE). As inscrições já podem ser feitas e vão até 22 de outubro. A iniciativa tem o objetivo de promover o uso eficiente da energia elétrica por meio de projetos inovadores em nove estados onde a empresa atua em distribuição, incluindo Minas Gerais. O envio de propostas e acesso aos editais é por meio deste link: http://energisa.gestaocpp.com.br As propostas devem observar as regras e prazo contidos no edital e são voltadas para governos estadual e municipal, comércio, iluminação pública e indústria.
 
Este ano, o Grupo Energisa tem a estimativa de investir cerca de R$ 27 milhões para a execução de projetos nas distribuidoras incluídas no edital. Aqui em Minas Gerais, o investimento será de R$ 900 mil. Os interessados em participar podem obter mais informações na live que será transmitida nesta quarta-feira, 1º de setembro, às 10h30 (horário de Brasília), pelo link https://bitlybr.com/EVRCxMsC. O PEE é aberto para os clientes atendidos pela área de concessão dos estados das distribuidoras participantes dessa chamada pública. A seleção dos projetos aprovados será anunciada em 20 de dezembro O Programa de Eficiência Energética é regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).
 
Os investimentos são em projetos que geram economia de energia elétrica para diversos setores da sociedade com a adoção de novas tecnologias, processos e usos. Estão em execução neste ano, por exemplo, sete projetos que foram selecionados pela Chamada Pública de 2020: iluminação pública em Rosário da Limeira, Laranjal e Piraúba, ações de eficientização em duas escolas estaduais de Cataguases e nas escolas municipais de Ervália, além do Hospital Cristiano Varella de Muriaé. Um investimento de R$ 1,3 milhão que vai contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos moradores e o desenvolvimento das comunidades onde está presente. 
 
“Investimos em projetos que melhoram a qualidade de vida das pessoas e trazem benefícios para a comunidade. Entre os principais exemplos já desenvolvidos destacam-se melhorias para a iluminação pública, troca de equipamentos e instalação de sistema de geração fotovoltaica em instituições sociais, educacionais e prédios públicos. Temos o compromisso em fazer com que o uso da energia elétrica seja de forma consciente e responsável com o meio ambiente”, explica do diretor Técnico da Energisa Minas Gerais Fabio Lancelotti.
 
Sobre a Energisa

Com 116 anos de história, o Grupo Energisa é o maior privado do setor elétrico com capital nacional e o também o maior na Amazônia Legal. Uma das primeiras empresas a abrir capital no Brasil, a companhia controla 11 distribuidoras em Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre. Com receita líquida anual de R$ 18 bilhões (2020), o Grupo atende a 8 milhões de clientes (o que representa uma população atendida de mais de 20 milhões de pessoas) em 862 municípios de todas as regiões do Brasil, além de gerar cerca de 20 mil empregos diretos e indiretos.
 
Com a missão de transformar energia em conforto, desenvolvimento e oportunidades de forma sustentável, responsável e ética, a Energisa atua com um portfólio diversificado que engloba distribuição, transmissão, serviços para o setor elétrico (Energisa Soluções), serviços especializados de call center (Multi Energisa), comercialização de energia (Energisa Comercializadora), soluções em energias renováveis (Alsol) e agora a fintech Voltz, que entra no mercado de contas digitais.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »