07/01/2022 às 09h45min - Atualizada em 07/01/2022 às 09h45min

Batalhão de Polícia Militar em Leopoldina ocupará parte da estrutura do DNIT

O 68º Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais atenderá 15 cidades da região.

Parte da estrutura do DNIT Leopoldina, localizada na avenida Getúlio Vargas, será sede do 68º Batalhão de Polícia Militar de Minas Gerais. O anúncio oficial foi feito pelo Presidente da Câmara Municipal, vereador José Augusto Cabral, e pelo Prefeito de Leopoldina, Pedro Augusto Junqueira Ferraz, em solenidade realizada nesta quinta-feira, dia 06 de janeiro de 2022, na sede da Prefeitura Municipal.

A Polícia Militar foi representada no evento pelo Tenente Coronel Yoshio Luiz Yamaguchi e pelo Comandante da 37º Companhia de Polícia Militar de Leopoldina, Capitão Gilmar Guilherme Seoldo. O Legislativo Municipal também se fez representar pelos vereadores José do Carmo Fófano – Vice-Presidente, Gilmar Pimentel – 1º Secretário, Maria Inês Xavier – 2ª Secretária, Bernardo Guedes, Rodrigo Pimentel, Alexandre Badaró e Julius Cezar. O evento foi prestigiado por secretários municipais, lideranças empresariais, representantes de sindicatos, instituições públicas de segurança, saúde e educação, representantes da imprensa, entre outros.

Com a elevação a Batalhão, a Polícia Militar de Leopoldina terá seu efetivo significativamente ampliado, maior estrutura física, contará com mais viaturas, equipamentos de ponta e repartições diversas.

O 68º Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais ocupará parte da estrutura onde hoje funciona do DNIT e atenderá 15 cidades da região: Leopoldina, Recreio, Argirita, Cataguases, Miraí, Astolfo Dutra, D. Euzébia, Itamarati de Minas, Santana de Cataguases, São Sebastião da Vargem Alegre, Além Paraíba, Pirapetinga, Volta Grande, Estrela Dalva e Santo Antônio do Aventureiro.

Em seu pronunciamento, José Augusto Cabral considerou a instalação do Batalhão como uma das mais importantes conquistas do Município desde sua fundação, em 27 de abril de 1854. O vereador destacou que esta luta se iniciou em 2017, com o rebaixamento da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar. Segundo ele, desde então foi iniciada uma intensa movimentação, com viagens a Brasília e Belo Horizonte, elaboração de documentos com assinaturas de prefeitos e vereadores da região, reuniões com deputados estaduais, deputados federais, senadores, representantes dos governos estadual e federal, e integrantes do Comando da Polícia Militar de Minas Gerais. José Augusto encerrou sua fala registrando na história os nomes daqueles que participaram desta conquista.

Em seguida, o Prefeito de Leopoldina Pedro Augusto Junqueira destacou que a instalação do 68º Batalhão de Polícia Militar no Município foi fruto de um intenso trabalho de negociação com o atual Governo do Estado de Minas Gerais, que contou com o esforço de muitos que acreditaram e apoiaram esta difícil tarefa de viabilizar a implementação do BPM. Por fim, ele destacou que, quando Executivo e Legislativo, formam uma aliança capaz de buscar e viabilizar sonhos, os resultados são positivos, como a instalação do Batalhão da Polícia Militar em Leopoldina.

Fonte> Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »