02/11/2014 às 15h19min - Atualizada em 02/11/2014 às 15h19min

155 mil mineiros precisam comprovar junto ao INSS que estão vivos

O procedimento é obrigatório, e o prazo termina em 31 de dezembro

Conforme a Previdência, não é necessário ir à agência do INSS..

Faltam menos de dois meses para o fim do prazo para renovação da senha/fé de vida junto ao INSS e 155.021 mineiros ainda precisam comprovar que estão vivos para continuarem recebendo o benefício previdenciário. Minas Gerais é o segundo estado com maior número de pendências, só perdendo para São Paulo (342.805).

Os dados foram apresentados na sexta-feira, 31/10, pela Previdência Social. O procedimento é obrigatório, e o prazo termina em 31 de dezembro.

Em todo o país, dos 31,1 milhões de beneficiários do INSS, mais de 29 milhões realizaram a renovação. Até quinta-feira, cerca de 1,4 milhões de beneficiários não haviam comparecido aos bancos pagadores do benefício para realizar o procedimento.

Conforme a Previdência, não é necessário ir à agência do INSS. A renovação é realizada diretamente no banco em que o segurado recebe o benefício mediante apresentação de documento de identificação com foto, como carteira de identidade, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação.

O procedimento é obrigatório para todos os beneficiários do INSS que recebem seus pagamentos por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético.

Quem não fizer a renovação, corre o risco de ter o pagamento interrompido. Os beneficiários que não puderem ir aos bancos, por motivos de doença ou dificuldade de locomoção, podem realizar a renovação da senha por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS.

Fonte: Previdência Social


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »