22/02/2015 às 10h50min - Atualizada em 22/02/2015 às 10h50min

A vitória da persistência

Carnavalescos em reunião da LIESCOS com a secretária Jussara Thomás no Clube dos Cutubas.

Luciano Baía Meneghite

Mesmo que ainda sem disputas oficiais, o carnaval leopoldinense teve seus vencedores. Venceram os verdadeiros carnavalescos que com muita persistência conseguiram enfim formar sua liga, a LIESCOS – Liga Independente das Escolas e Blocos Carnavalescos de Leopoldina e colocá-la pra funcionar. Venceu o bom senso que fez com que a prefeitura aceitasse e parceria e através da Secretaria de Cultura, Esportes, Lazer e Turismo montasse uma programação e uma estrutura para a festa, que se não foi perfeita, avançou em relação aos anos recentes. Venceu o povo leopoldinense que teve de volta seu carnaval.  Temos muito mesmo o que corrigir e melhorar, mas já demos o primeiro passo.

Foi bem:

  • A segurança da festa. Não houve nenhum incidente grave.
  • A estrutura para shows na confluência das Praças Félix Martins, General Osório e João XXII.
  • A qualidade dos sambas apresentados pelos blocos.
  • A instalação e localização dos banheiros químicos na rua Sete de setembro e Félix Martins.
  • O carnaval do distrito de Tebas

 

 

Foi mal:

  •  A falta de um segundo carro de som provocou irritantes atrasos entre o desfile de um bloco e outro que chegaram a mais de meia hora.
  • Desorganização vista no desfile de praticamente todos os blocos. Fantasias incompletas, repetidas, ou a ausência delas.
  • Falta de limpeza da Cotegipe no momento dos desfiles. Foliões desfilando tropeçavam em latinhas, embalagens de salgados etc.
  • Iluminação insuficiente e só em metade da rua Barão de Cotegipe.
  • A insistente invasão de ritmos que nada tem a ver com nossa tradição carnavalesca.
  • Primeira reunião para formação da LIESCOS em 27 de março de 2014 no CAT/SESI

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »