10/04/2015 às 19h34min - Atualizada em 10/04/2015 às 19h34min

Governo do Estado anuncia construção de mais seis presídios por PPP

Hoje em Dia*
PPP de Neves foi inaugurado em janeiro deste ano.(Fred Wanderley/Divulgação)
O Governo do Estado de Minas Gerais deverá construir mais seis presídios em regime de Parceria Público Privada (PPP). O anúncio foi feita na tarde desta sexta-feira (10), pelo Secretário de Estado de Defesa Social, Bernardo Santana de Vasconcelos.
 
Segundo o chefe da pasta, o objetivo é desafogar o sistema carcerário no Estado. Para a Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) deverão ser destinadas três novas unidades, sendo uma para detentos masculinos, uma para feminino e outra para medidas socioeducativas destinada para menores em conflito com a lei. Além da Grande BH, regiões como Sul, Norte e Triângulo deverão receber novos presídios.
 
O secretário não informou o prazo de início ou entrega das construções, nem a localidade exata das novas unidades, nem a estimativa de valores de investimento ou quantas vagas deverão ser criadas com os novos complexos. O Governo do Estado já abriu chamamento de interesse de empresas na PPP. 
 
Segundo a SEDS, atualmente, o sistema prisional conta com 60.869 presos em Minas Gerais. No entanto, o número de vagas existentes é de 34.800, distribuidas em 148 unidades prisionais em todo o Estado.
 
Quanto a interdição do Ceresp Gameleira, em Belo Horizonte, a Suapi informou que os presos estão sendo remanejados em complexos prisionais da região metropolitana. Grande parte dos detentos é destinado para o presídio São Joaquim de Bicas II.
 
Atualmente, Minas conta com o único e primeiro presídio no regime de Parceria Público Privado do Brasil, localizado em Ribeirão das Neves. O investimento feito na construção foi de R$ 230 milhões e o contrato foi firmado em 2009, com o consórcio nacional Gestores Prisionais Associados (GPA). O complexo tem capacidade de 3.040 vagas e foi inaugurado em 2013.
 
(* Com informações de Gabriela Sales - Hoje em Dia)

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »