29/05/2015 às 11h11min - Atualizada em 29/05/2015 às 11h11min

Cavalos Marchadores do Brasil é título de livro em processo de lançamento

Polêmico, instigante e informativo, uma oportunidade de leitura sobre os marchadores.

Capa do livro Cavalos Marchadores do Brasil

O livro ‘Cavalos Marchadores do Brasil’, de autoria de José Luiz Côrtes Gama,  é uma produção independente, que não conta com apoio de editoras tradicionais e nem apoio financeiro ou patrocínio comercial, pois o autor optou por prezar a autonomia editorial. Trata-se de um resgate da saga do cavalo ibérico na formação das raças nacionais de marcha. Aos aficionados do cavalo, um desafio à reflexão dos intrincados conceitos em torno do assunto. Aos amantes do tema, e àqueles que se iniciam nessa arte, um passeio por 500 anos de história na formação dos marchadores do Brasil. A todos, uma oportunidade de vislumbrar o futuro do cavalo nacional, um importante segmento da cadeia do agronegócio brasileiro.

A Campanha de pré-venda foi iniciada no dia 18 de maio, com previsão de 60 dias e está sendo executada pelo site www.kickante.com.br, um espaço virtual especializado na promoção de campanhas para captação de recursos (crowdfunding), cujo objetivo é viabilizar projetos inovadores. O link de acesso a campanha é: http://www.kickante.com.br/campanhas/cavalos-marchadores-do-brasil.

Segundo o autor, “após a campanha de captação de recursos, com o volume arrecadado, saberemos qual a quantidade mínima de livros a ser impressa, para iniciar o lançamento oficial. Após o lançamento, o mesmo estará disponível para aquisição na plataforma do site www.clubedeautores.com.br, uma comunidade especializada em auto-publicação”, explica. 

A obra será ofertada no formato papel e também e-book. O livro está no formato de diagramação de 15x21 cm. Possui 320 páginas, 64 fotos e figuras e está dividido em 20 capítulos. O formato papel estará disponível em preto e branco (mais barato) e a cores (acabamento luxo com capa dura e padrão).


Sinopse

A introdução do cavalo ibérico no Brasil Colônia, após curvas e contracurvas, foi responsável pela formação de seis raças nacionais de cavalos marchadores e de uma raça de asinino de marcha. Este livro mergulha no universo conturbado do cavalo marchador. Um olhar na evolução e domesticação da espécie; na sua reintrodução no novo mundo, e no contexto histórico de sua formação ao longo de 500 anos de história, auxiliam a compreensão da realidade vivida pelo marchador nacional, inclusive sua inserção no agronegócio brasileiro. Não ficou de fora uma revisão histórica e científica dos conceitos de morfologia e função, que fizeram do cavalo nacional de marcha uma raridade na equideocultura mundial.Esta obra promove ainda, um aprofundamento extensivo e intensivo no tema cavalo. Amplia quantitativamente a taxa de conhecimento do leitor, através da apresentação de dados, números, informações e detalhes relacionados. Ao mesmo tempo, amplia qualitativamente o saber do leitor, à medida que aponta causas, consequências, efeitos, desdobramentos, repercussões e implicações do assunto abordado. 


O autor

José Luiz Côrtes Gama é natural de Governador Valadares, cidade situada na região Leste de Minas Gerais. Nasceu em 1967, em uma família, que por gerações sempre esteve ligada a ruralidade mineira. Na infância e juventude, viver no Pará, foi uma experiência impar, ao participar com seus pais, do processo de abertura de uma fazenda de gado em meio à mata amazônica.As carências da cidade de Tucuruí – PA, forçaram a mudança para Brasília – DF em busca de melhores escolas.  
     

Em Goiânia – GO viveu uma fase importante de sua vida, ao cursar a faculdade de Medicina Veterinária na Universidade Federal de Goiás – UFG. Em 1985, no crepúsculo da ditadura militar, descobriu sua veia política, participando ativamente do movimento estudantil, durante toda sua vida acadêmica. Depois de formado, o trabalho de campo na Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce, o reaproximou das origens. Foi ainda na Cooperativa que seu lado administrador despontou, assumindo funções como: Gerente de Cooperativismo, Gerente Geral da Unidade Frigorífico e Assessor Técnico da Diretoria.  Nesta época cursou pós-graduação em Administração Rural, Administração e Gerência de Empresas, Agente de Desenvolvimento em Cooperativismo e Ciências da Educação. Em paralelo, na propriedade da família, iniciou as atividades de criação de cavalos Campolina, constituindo o Haras Veneza, em 1992. A dedicação à criação foi um caminho natural, para ingressar como Árbitro de Morfologia, nos quadros da Associação dos Criadores do Cavalo Campolina – ABCCC. Mais uma vez, a vertente política o levou assumir o cargo de Secretário Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento de Governador Valadares, de onde saiu posteriormente para assumir a Chefia de um Gabinete, na Câmara dos Deputados em Brasília – DF. As contingências da política contribuíram para a busca de novos ares. Atuando como Consultor em Saneamento Básico, conheceu o Estado do Mato Grosso, e seu “mar de oportunidades”, onde resolveu se fixar e finalmente, encontrou a paz e a inspiração para produzir o livro “Cavalos Marchadores do Brasil”. 


Dados do autor para contato:

José Luiz Côrtes Gama
e-mail:
jluizcortes@yahoo.com.br
jluizcortes48@gmail.com
Fone e whatsapp: (66) 9660-0963


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »