27/06/2015 às 11h10min - Atualizada em 27/06/2015 às 11h10min

Aécio blinda Aloysio e prega queda de Dilma

Brasil247

Em nota, o presidente do PSDB, senador Aécio Neves, fez as primeiras declarações a respeito da delação do empresário Ricardo Pessoa, que cita doações ao PT, mas também a políticos da oposição, como o senador Aloysio Nunes (PSDB), que foi seu vice em 2014. "Tudo leva a crer que o Brasil, além da crise econômica que vive, enfrentará também o acirramento da grave crise política e moral que já enfrenta", diz Aécio, que minimiza a citação ao seu ex-vice. "No que diz respeito à citação feita ao nome do senador Aloysio Nunes, são doações ocorridas dentro da legalidade e integralmente declaradas à Justiça Eleitoral no ano de 2006, não cabendo, portanto, qualquer relação com o esquema ora investigado pela Polícia Federal e pela Justiça de desvios de recursos públicos para abastecimento de campanhas do PT e de aliados", afirmou.

Abaixo a nota dele na íntegra: 

Nota do presidente nacional do PSDB,
senador Aécio Neves

A imprensa traz hoje novas e graves informações reveladas dentro das investigações da Operação Lava Jato.

Tudo leva a crer que o Brasil, além da crise econômica que vive, enfrentará também o acirramento da grave crise política e moral que já enfrenta.

São informações que merecem toda atenção e devem ser analisadas criteriosamente e com serenidade frente a gravidade que elas podem ter no quadro político nacional.

No que diz respeito à citação feita ao nome do senador Aloysio Nunes, são doações ocorridas dentro da legalidade e integralmente declaradas à Justiça Eleitoral no ano de 2006, não cabendo, portanto, qualquer relação com o esquema ora investigado pela Polícia Federal e pela Justiça de desvios de recursos públicos para abastecimento de campanhas do PT e de aliados.

Trata-se de um senador de oposição sem qualquer vinculo com a estrutura de governo petista e de seus ministérios.

Senador Aécio Neves
Presidente nacional do PSDB


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »