26/10/2015 às 08h47min - Atualizada em 26/10/2015 às 11h55min

Ex-deputado Elmo Braz morre em acidente de helicóptero

Corpo está sendo velado na Câmara Municipal de Descoberto. Enterro será às 17 horas desta segunda (26), na cidade.

Cristiane Silva – Estado de Minas

Está sendo velado, na manhã desta segunda-feira (26/10/15), na Câmara Municipal de Descoberto (Zona da Mata), o corpo do ex-deputado estadual e conselheiro aposentado do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG), Elmo Braz Soares. Ele pilotava um helicóptero no início da noite deste domingo (25), em Guarani (Zona da Mata), na companhia de sua namorada, Lídia Cerqueira Cavalcanti, de 26 anos, que sobreviveu ao acidente. O enterro do ex-deputado está marcado para as 17 horas, no Cemitério Municipal de Descoberto, sua terra natal.

Nascido em 25 de maio de 1943, na cidade da Zona da Mata, Elmo Braz Soares foi deputado estadual na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) por sete legislaturas, além de deputado estadual constituinte. Ele renunciou ao mandato em maio de 2000, quando foi eleito conselheiro do TCE-MG e, posteriormente (2007-2008), foi presidente do órgão.

Na Assembleia, foi vice-presidente da Comissão de Segurança (1979/81); 2º-secretário (1981/82); e 1º secretário da Assembleia Legislativa (1989/91 e 1993/95). Advogado e bancário foi vereador em Belo Horizonte (1967/74); ex-2º-secretário e ex-vice-presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte.

Elmo Braz Soares morreu aos 72 anos.


Acesse link com fotos do ex-deputado disponíveis no banco da Assembleia.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »