14/12/2015 às 09h10min - Atualizada em 14/12/2015 às 09h10min

Começou o alargamento da ponte da rua da Floresta para melhorar fluxo de trânsito

Empreiteira contratada pela Prefeitura tem 90 dias para concluir as obras e já emprega 12 homens no local.

O canteiro de obras chama a atenção de quem passa pela ponte. (Foto: Kalon Moraes)
Foram iniciadas as obras de ampliação da ponte localizada na rua Francisco Andrade Bastos, popularmente chamada de "rua da Floresta". Na manhã de quarta-feira, 9 de dezembro, o prefeito José Roberto de Oliveira, acompanhado de vários secretários municipais, esteve no local e conversou com os trabalhadores, engenheiros e várias pessoas que ao perceberem a movimentação de homens e máquinas, paravam para falar com o prefeito a respeito da importância daquela obra, que beneficiará não apenas os condutores de veículos e o fluxo do trânsito na região central da cidade, mas também os pedestres que terão mais segurança ao passarem pelo local. 
 
O empresário Sebastião Pereira da Silva, sócio da empresa Pereira e Camilo, de Muriaé, que executa os trabalhos de ampliação da ponte, esclareceu que esta etapa conta com 12 trabalhadores e que a conclusão da obra deve acontecer em 90 dias. Antes do início das obras foi feita uma minuciosa fiscalização sob a sua plataforma, onde  cabos e fios de TV, internet e telefone são conduzidos juntamente com canos d’água e redes pluviais e de esgoto.
 
Oficialmente batizada por lei municipal como rua Francisco Andrade Bastos, mas popularmente conhecida como rua da Floresta, a via pública que liga a rua 27 de Abril, no bairro Fábrica, à Praça Félix Martins, no centro da cidade, tem trânsito intenso que é prejudicado devido à largura estreita da ponte existente sobre o córrego Feijão Crú.

De acordo com o engenheiro José Márcio Gonçalves Lima, secretário municipal de Obras, a Prefeitura adquiriu quatro vigas metálicas de 15 metros de extensão cada uma, que serão utilizadas, duas de cada lado, no alargamento da ponte que passará a ter a mesma largura da rua. Para transeuntes e comerciantes daquela área, a ampliação da ponte, vai garantir mais segurança para os pedestres.

“Sou comerciante aqui na "boca da ponte", há anos e vejo o povo passar aperto aí toda hora. A calçada quase não existe no percurso da ponte, e ela em si, é estreita para dois carros, ai complica. Parabéns ao Dr. José Roberto, esta obra vai beneficiar muita gente. O fluxo de pedestre aqui é muito grande", explicou o comerciante Antônio Washington de Almeida.
 
“Esse empreendimento vai trazer grandes benefícios para nossa população. Seja melhorando a vida dos motoristas com melhorias no trânsito local, seja promovendo mais segurança para os pedestres, mas principalmente na questão da segurança das pessoas, que passam por ali diariamente", explicou Dr. José Roberto.

Durante os 90 dias de duração das obras a rua ficará interditada parcialmente no trecho que vai do centro até a ponte e o fluxo na rua Manoel Lobato passou a ser de mão dupla com estacionamento permitido em apenas  um dos lados para facilitar o fluxo de veículos. Placas de sinalização já foram instaladas na Manoel Lobato e foram colocadas faixas orientando os condutores. Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Leopoldina com fotos de Kalon Moraes


 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »