16/12/2015 às 18h31min - Atualizada em 16/12/2015 às 18h31min

Leitor oferece sugestão para o Centro Cultural Mauro de Almeida Pereira

Proposta é reservar um espaço para arquivar e expor o trabalho dos pesquisadores Nilza Cantoni e José Luiz Machado Rodrigues sobre a colonização de Leopoldina.

Futuro Centro Cultural Mauro de Almeida Pereira
O leitor do jornal Leopoldinense, Thadeu Silva Furtado, encaminhou e-mail à Redação sugerindo publicamente à Secretaria Municipal de Cultura a reserva de um espaço no futuro Centro Cultural Mauro de Almeida Pereira, a ser instalado no prédio do antigo Fórum. Diz ele:
“Ao ler o artigo sobre a excelente idéia  da Secretaria de Cultura de transformar o antigo Fórum de Leopoldina em  espaço cultural,  inclusive dotando-o de mobiliários e espaços para convenções, etc.,   andei pensando em sugerir a esta Secretaria  reservar um espaço para arquivar e expor o belíssimo trabalho feito pela Nilza Cantoni e José Luiz Machado Rodrigues sobre as origens do nosso povo leopoldinense.
Quem não conhece deveria consultar o site sobre a Colônia Constança que marcou a chegada dos imigrantes italianos e outros povos que migraram  do oriente Médio e outros países da Europa e que tanto contribuíram para o nosso desenvolvimento.
Seria um grande espaço de consulta, informação e pesquisa sobre nossas origens, não só para estudantes, como do povo em geral.  Embora não seja um expert no assunto, entendo o trabalho como uma grande árvore genealógica de nossa população. Penso que este é o momento de resgatarmos e conhecermos nossas origens... Que tal? Vamos fazer um movimento de sensibilização?”propõe Thadeu
A pedido do próprio leitor, o jornal encaminhou a sua proposta aos pesquisadores e historiadores Nilza Cantoni e José Luiz Machado Rodrigues para que os dois fizessem uma avaliação de conteúdo. Eis a resposta de Nilza:
 
“Agradeço sua gentileza e apoio, Thadeu. Sua manifestação indica que estamos fazendo um trabalho útil. A comunidade leopoldinense precisa se envolver no processo de organização do Centro Cultural e uma das maneiras de estimular a participação é abordar o assunto nos meios de comunicação.
 
Não conhecemos o projeto de utilização elaborado pela Administração Municipal. Mas sabemos que a Academia Leopoldinense de Letras e Artes está em contato permanente com a Secretaria Municipal de Cultura. E nós, José Luiz e eu, especialmente como membros da ALLA ofereceremos nossos estudos para compor um eventual espaço da Academia no Centro Cultural Mauro de Almeida Pereira”, revela Nilza.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »