16/05/2016 às 17h29min - Atualizada em 16/05/2016 às 17h29min

Projeto Zé da Luz na Escola conscientiza sobre os riscos e perigos com a rede elétrica

Cerca de 2.500 crianças já foram conscientizadas este ano, tornando-as multiplicadoras em casa e com os amigos.

O projeto Zé da Luz na Escola da Energisa estará nesta terça-feira, dia 17 de maio, em Tabuleiro. A ação é mais uma forma de conscientizar a população e disseminar informações importantes sobre os riscos e perigos com a rede elétrica.

Com a peça Segurança Sempre, as apresentações são lúdicas e conduzidas por um grupo teatral, o Grupo Pera, despertando a atenção dos alunos sobre os riscos e perigos de se aproximar da rede elétrica, reforçando para as crianças e adolescentes que a segurança deve estar em todo lugar: na rua, na escola, em casa.
O projeto, que estreou no dia 22 de março, em Cataguases, já passou por Vieiras, Barão do Monte Alto, Santana de Cataguases, São Sebastião da Vargem Alegre, Muriaé, Tocantins, São Geraldo e Leopoldina, conscientizando cerca de 2.500 crianças.

Depois de Tabuleiro, o projeto segue para Rio Novo e Senador Firmino, também nesse mês de maio, contabilizando mais 1.100 alunos. Ao todo, o projeto Zé da Luz na Escola vai visitar 45 cidades da área de concessão da Energisa.
Na ocasião, cada aluno recebe a revista Zé da Luz que traz as orientações sobre os riscos e perigos com a rede elétrica e também sobre o consumo consciente e racional da energia elétrica.
Fique atento você também e siga as orientações da Energisa, repasse aos filhos, amigos e parentes e evite acidentes:
o   materiais metálicos como escadas, barras de ferro, arames, trilhos de cortina, antenas devem ficar longe da rede elétrica;

o   nada pode ser construído próximo à rede elétrica;
o   aparelhos elétricos devem ficar longe de locais molhados;
o   fique longe de fios caídos;
o   remendos em fios podem causar choque.
 
Ao soltar pipas:
o   escolha lugares abertos, longe da rede elétrica, como campos de futebol e parques;
o   nunca tente retirar pipa enrolada em fios elétricos;
o   jamais use cerol. O uso do cerol pode se transformar em uma arma. Ele deixa as linhas das pipas como uma lâmina afiada, o que pode machucar pessoas, causar mortes e romper os fios com mais facilidade.
o   não use papel alumínio ou fios metálicos para fazer a sua pipa. Esses materiais conduzem energia elétrica com mais facilidade e provocam choques e curto-circuito.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Energisa

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »