22/08/2016 às 10h37min - Atualizada em 22/08/2016 às 10h37min

Promotoria Criminal alerta população sobre invasões de prédios em Cataguases e Leopoldina

Neste sábado, em Leopoldina, foi registrado um Boletim de Ocorrência de violação de domicilio na região da Praça da Bandeira

Edição: Luiz Otávio Meneghite
O Ministério Público Criminal da Comarca de Leopoldina está alertando a população sobre a ação de uma quadrilha de marginais que está agindo com o mesmo modus operandi em Cataguases e Leopoldina. De acordo com informação da Promotoria Criminal, em Cataguases, no primeiro fim de semana de julho último, os bandidos invadiram e furtaram alguns apartamentos, sem fazer vítimas. Em todas as ações, segundo o relato do Ministério Público, eles entram nos imóveis pela porta da frente, tocam o interfone e se atendem perguntam por uma pessoa qualquer, mas o objetivo é que ninguém atenda, aí invadem a residência. No começo da tarde deste domingo, 21 de agosto, os mesmos marginais retornaram à cidade de Cataguases com este objetivo e quase foram presos por policiais civis e militares no momento em que tentavam entrar em um prédio no centro da cidade. Uma mulher aparece ao lado de um deles e provavelmente é uma das integrantes da quadrilha.
 
Segundo o jornalista Marcelo Lopes, de Cataguases, de acordo com informações prestadas pelo inspetor da Polícia Civil, Leonardo Pessanha, desde o dia 3 de julho, data em que a quadrilha praticou os furtos em Cataguases, investigadores estão trabalhando no caso o que permitiu saber alguns detalhes a respeito da atuação do bando. Neste domingo, quando uma pessoa com as características físicas do suspeito de ter participado de um dos furtos no início do mês passado foi visto andando pela cidade, a Polícia foi avisada e o localizou no momento em que estava tentando entrar em um prédio nas imediações da Chácara Dona Catarina.
 
Ao ser abordado pelo policial civil o suspeito reagiu e foi auxiliado pelo comparsa que estava vendo tudo à distância, efetuando um disparo de arma de fogo contra o detetive na tentativa de ajudar a fuga do companheiro. O policial preferiu não reagir já que estava numa área residencial e chamou reforço, tendo comparecido viaturas das policias civil e militar, que iniciaram intenso rastreamento nas imediações.

Momentos antes, ainda de acordo com a Polícia Civil, a dupla de meliantes tentou invadir um prédio na Rua Nogueira Neves, mas não obteve êxito.
 
Algumas câmeras de segurança existentes nas imediações registraram parte das ações e estão no vídeo ao final desta matéria. Neste sábado, em Leopoldina, foi registrado um Boletim de Ocorrência de violação de domicilio na região da Praça da Bandeira, onde suspeita-se, agora, ter sido cometido pelos mesmos autores, acrescentou Pessanha.

O núcleo de inteligência da PC está trabalhando para capturar os autores em conjunto com a Polícia Militar que intensificou o patrulhamento em Cataguases e cidades adjacentes. Qualquer nova informação sobre a dupla de marginais pode ser repassada para uma das delegacias da área, bem como atitudes suspeitas. A Policia  Militar está reunida hoje em Leopoldina para tratar do problema que preocupa moradores de edifícios residenciais.

O vídeo mostra as ações ocorridas no início do mês de julho em Cataguases.




Homens armados invadiram apartamento na Praça da Bandeira

Na manhã de sábado, 20 de agosto, dois homens armados invadiram um apartamento da rua Benedito Valadares, ligação da Praça da Bandeira com a avenida Getúlio Vargas, em Leopoldina. A vítima informou à PM que eles entraram no prédio e começaram a forçar a fechadura do seu apartamento. Achando que era o seu filho que estava sem chave, ela abriu a porta e os autores entraram com armas em punho, gritando que queriam falar com uma terceira pessoa, que a vítima não conhece. Em desespero, ela começou a gritar e os vizinhos vieram ajudá-la.

Com isso, os homens saíram correndo do prédio e fugiram em direção à Avenida Getúlio Vargas. Câmeras de segurança flagraram dois homens e uma mulher correndo pela rua. Pessoas que passaram pelo local viram os autores entrando em um carro com placa parcialmente identificada. Polícia Militar e Polícia Civil de Leopoldina estão à procura dos autores.

 
Fontes: Promotoria Criminal da Comarca de Leopoldina, Polícia Militar e Site do Marcelo Lopes

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »