22/09/2016 às 08h40min - Atualizada em 22/09/2016 às 08h40min

Mutirão de cirurgias de cataratas em Leopoldina termina nesta sexta, 23.

Expectativa é de atender 180 pacientes dos 11 municípios consorciados ao CISUM, cerca de uma centena de Leopoldina

Edição: Luiz Otávio Meneghite
A expectativa é de atender 180 pessoas
A população dos municípios membros do CISUM-Consórcio Intermunicipal União da Mata, cuja sede fica na avenida dos Expedicionários, em Leopoldina, ganhou mais um modelo de atendimento médico itinerante. A ‘Carreta Oftalmológica’ chegou a Leopoldina no sábado, 17 de setembro e foi estacionada na rua João Lamarca, em frente ao Centro Cultural Mauro de Almeida Pereira(antigo Fórum) de frente para a Praça Félix Martins, onde os atendimentos estão sendo feitos até esta sexta-feira, 23 de setembro.
A carreta ficou estacionada na Praça Félix Martins
 
O CISUM, assinou contrato com o Instituto de Olhos Parolin, de Bebedouro-SP, dirigido pelo Cirurgião Oftalmologista, Dr. André Luiz Parolin Ribeiro, especializado na realização de exames e procedimentos cirúrgicos de oftalmologia,  por um período de 12 meses, com inexigibilidade de licitação pelo valor estimado de até R$222.950,00. A oficialização do contrato foi feita em publicação ocorrida na edição do Diário Oficial dos Municípios Mineiros, de 14 de setembro. De acordo com Eliermes Teixeira de Almeida, Diretor Executivo do CISUM, “a  iniciativa atende uma antiga demanda da população por cirurgias de catarata. São pessoas que estão há anos esperando, principalmente idosos. Os pacientes são atendidos por uma equipe multidisciplinar, composta por oftalmologistas, anestesiologista, enfermeira, assistente social e psicóloga, para proporcionar um atendimento humanizado e de qualidade para toda a população”, esclareceu.
Paciente durante procedimento
 
Hoje, disse o Diretor Executivo do CISUM “os municípios consorciados ao CISUM possuem uma grande demanda reprimida de cirurgias de catarata, o que foi levantado através de solicitações feitas pelas Secretarias Municipais de Saúde para que pudéssemos viabilizar um jeito de conseguir algumas cirurgias,  uma vez que já há dois anos o Estado vem tentando realizar mutirões de cirurgia de cataratas em nossa região, mas não conseguimos prestadores de serviços que se interessem em pactuar com o Estado. O CISUM buscou essa alternativa após certificar que o serviço oferecido é de qualidade e possui profissionais experientes e renomados. Quanto aos atendimentos, cada município consorciado será responsável em encaminhar os pacientes com indicação de cirurgia de catarata”, informou Eliermes.
 
Modelo de Carretas Oftalmológicas já é utilizado com sucesso em vários Estados

O diretor executivo do CISUM revelou que  participou recentemente de um congresso de consórcios intermunicipais de saúde em Nova Friburgo-RJ, onde estiveram reunidos mais de 70 consórcios intermunicipais de saúde, de 16 estados do Brasil. “Naquela oportunidade pude fazer contato com representantes da empresa que se interessaram em credenciar a clinica junto ao CISUM, uma vez que eles possuem algumas carretas que fazem esse trabalho direto no município sede do consórcio em todo país. Com isso, após se credenciarem dentro da nossa tabela, conseguimos efetivar o contrato e agendar para o período de 19 a 23 de setembro para que pudessem fazer algumas cirurgias de cataratas em Leopoldina. Os atendimentos começaram na segunda-feira, 19 de setembro sendo feitas consultas e exames pré-operatórios e, possivelmente, já na terça e quarta foram realizadas as cirurgias. A previsão de atendimento é até sexta-feira, 23/09 onde serão feitas as consultas pós-operatórias de um dia para todos os pacientes operados. Após 30 dias, a equipe retornará ao município para fazer uma segunda consulta pós-operatória de 30 dias. Nossa expectativa é atendermos uma média de 180 pacientes” contou ao jornal Eliermes. O Leopoldinense apurou que cerca de uma centena de pacientes beneficiados é de Leopoldina.
 
O público beneficiado
 
O CISUM atende às demandas das Secretarias Municipais de Saúde dos Municípios consorciados: Argirita, Astolfo Dutra, Cataguases, Dona Eusébia, Estrela Dalva, Laranjal, Leopoldina, Itamarati de Minas, Recreio, Santana de Cataguases e Volta Grande.

Fontes: CISUM e Diário Oficial dos Municípios Mineiros 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »