28/10/2016 às 09h59min - Atualizada em 28/10/2016 às 09h59min

Câmara realiza sessão solene para entrega medalhas do Mérito Leopoldinense e títulos de Cidadania Honorária

Pessoas simples e com relevantes serviços prestados à sociedade leopoldinense foram homenageadas

Texto e fotos: João Gabriel B. Meneghite

Uma senhora que desempenhava todas as funções de uma escola rural, desde a faxina até as lições para os alunos; desportistas que realizam um papel social e de reconhecimento dos atletas de Leopoldina além das fronteiras e pessoas com trabalhos desempenhados na área social e mais carente de nossa sociedade, educação, entre outras foram homenageadas pela Câmara Municipal de Leopoldina.


A sessão solene para entrega dos títulos de cidadãos honorários e de medalhas do mérito leopoldinense aconteceu na noite de quinta-feira, 27 de outubro, no Salão Nobre da Câmara Municipal que esteve com todas as dependências ocupadas.

Autora das proposições, a vereadora Kélvia Raquel frisou que muitas pessoas importantes receberam a honraria daquela Casa Legislativa e que, naquela ocasião, pessoas simples e com relevantes serviços prestados à sociedade leopoldinense foram merecidamente homenageadas. Kelvia ressaltou que procurou homenagear pessoas ligadas as áreas social, da educação e  da cultura.

Outra proposição de título de Cidadã Honorária de Leopoldina, de autoria do vereador Hélio Batista Braga de Castro foi outorgada a vereadora Kélvia Raquel de Souza Ribeiro Santos, que é natural de Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte. Com trabalhos de destaque na área social e de defesa à mulher, Kélvia escolheu Leopoldina para viver com a sua família e é a segunda vereadora na história do legislativo leopoldinense a ser reeleita.



Os homenageados

Também recebeu o título de Cidadã Honorária de Leopoldina a senhora Ilma Cotta Almeida. Natural do Rio de Janeiro, ela conheceu o projeto da Casa Lar em Leopoldina há uns 10 anos e se prontificou a cuidar das crianças voluntariamente.  Amorosa e dedicada, cultivou a leitura da bíblia a muitos jovens e adolescentes que hoje estão casados e inseridos no mercado de trabalho.

Ilma Cotta Almeida

Outro novo Cidadão Honorário de Leopoldina é o desportista, nascido em Salvador-BA, Zilnadson Luiz Nascimento Vilela, popularmente conhecido como Luis Silva Fight nome dado ao curso onde ministra artes marciais em Leopoldina com mais de 150 alunos, sempre evidenciando o nome de Leopoldina.

Zilnadson Luiz Nascimento Vilela

Recebeu a Medalha do Mérito Leopoldinense, o jovem estudante Christoff  da Silva Cirino, da Escola Estadual Justiniano Fonseca, do distrito de Tebas por ter sido condecorado com a medalha de ouro na 10ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas.

Christoff  da Silva Cirino

Também recebeu a Medalha do Mérito Leopoldinense a senhora Adélia Valverde Cúrcio, professora na Escola Rural da Comunidade dos Valverdes, no distrito de Tebas, onde prestou significantes serviços tendo contribuído para a educação de alguns doutores espalhados por todo o Brasil.

Adélia Valverde Cúrcio

A Medalha do Mérito Leopoldinense também foi outorgada à senhora Eloisa Helena Vargas de Oliveira que dedicou 25 anos de sua vida a um projeto ‘Sombra e Água Fresca’, da Igreja Metodista, no bairro Nova Leopoldina, com crianças e adolescentes. Dando aulas de reforço escolar, recreação, artes a muitos adolescentes que tiveram suas vidas transformadas por causa de sua dedicação.

Eloisa Helena Vargas de Oliveira

Outro homenageado com a Medalha do Mérito Leopoldinense foi o senhor Júlio Iglesias Gomes Lizardo popularmente chamado de ‘Tetéte’. Foi trabalhador rural e, ainda jovem, se encantou com a arte da capoeira. Hoje tem uma academia, trabalhando com o projeto Abadá Capoeira. Tem o trabalho reconhecido na área educacional de Leopoldina, ensinando aos mais jovens a arte da capoeira. Realiza trabalhos voluntários na Casa Lar e em outras instituições.

 Júlio Iglesias Gomes Lizardo

Também homenageada com o título de Cidadã Honorária Leopoldinense, Celeida de Fátima Barbosa , veio de Miraí (MG) há 36 anos e atualmente é Pastora da Igreja Assembléia de Deus Ceifeiras em Prontidão, localizada no bairro Bela Vista, local onde muitos usuários de drogas são recuperados através do trabalho social que a Igreja exerce.

Celeida de Fátima Barbosa

O vereador Paulo Celestino, representando o seu colega Hélio Batista Braga de Castro, autor da homenagem a vereadora Kélvia Raquel.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »