03/04/2017 às 19h51min - Atualizada em 03/04/2017 às 19h51min

Doe conhecimento. Doe livros

Luciano Baía Meneghite

  Sabemos que a ignorância é a mãe e pai de todos os males e que é grave a falta de hábito da leitura no Brasil. Claro que a internet de certa forma ajuda na informação, só que com uma gama de atrativos tão grandes quanto fugazes, geralmente as pessoas acabam não se aprofundando em nenhum assunto. Infelizmente boa parte do público só a utiliza para baboseiras e futilidades.   Nada contra usá-la também para o entretenimento, mas até água demais faz mal.  O livro ainda é necessário e ainda há um público que lê. Surpreendentemente, alguns com pouco estudo formal, mas que demonstram ter vontade em saber mais.  

 Acho que é obrigação de quem tem condições, facilitar o acesso desse público a fontes diversas de conhecimento.  

Nós do jornal Leopoldinense , através de colaboradores como José Luiz Machado Rodrigues, Ana Maria dos Anjos, Warlley Botelho e Terezinha Meneghite, já doamos milhares de livros , revistas, jornais e quadros para a biblioteca Luiz Eugênio Botelho, E. E. Sebastião Silva Coutinho “Polivalente”, E.E.Luiz Salgado Lima, APAC, João Cabelim , E. M. Judith Linz Guedes Machado e E. E. Professor Botelho Reis “Ginásio”. Atualmente distribuímos estas publicações na porta do jornal, principalmente entre alunos do ensino fundamental e médio.

Se você tem livros, revista, jornais ocupando espaço em sua casa, não jogue fora, doe.

Em Leopoldina Temos o catador de recicláveis João Cabelim que está montando uma biblioteca na rua Manoel Januário, nº199 no Alto do Cemitério.

Você pode doar também para a campanha “Esqueça um livro” do Welington Carvalho na Praça do São Cristovão que deixa livros em ônibus urbanos de Leopoldina.

O Sebastião Heitor da Revista Hora H também aceita estas doações para seu acervo.

Contato: [email protected] ou pelo tel.: 3441-7125

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »