13/06/2016 às 10h52min - Atualizada em 13/06/2016 às 10h52min

VENCEDOR DE DORES E AMORES!

Cláudio Araújo
De repente "o copo transborda" pleno de coisas tantas,
De melancolias, a longa espera, de tanto sofrimento
Por não estares aqui.
E, sem mais nem porquê "apareces", materializa-te
Diante de mim, depois de dias, meses e... anos ausente!
Chega, se aconchega, aninha-se em meus braços,
Dorme no meu aconchego, sorve e dá amor,
Lambuza-se, sacia-se... e de novo fugidia, nas janelas
Do meu Imo é apenas lembrança, que relembro como agora,
Toda a vida!
E sempre esquiva como "uma enguia! em seus mergulhos,
Toma "uma respiração", és a inspiração para esse instante melancólico.
Mas vou levantar a cabeça e olhar tudo de frente,
Vou seguir "contando os passos",
No fim, ou prosseguir, as estradas serão árduas,
E vencerei minhas dores e encontrarei todo amor
Que vai me alimentar e saciar!
(*)Autor dos Livros de Poesias: Horizontes de Liberdade e Fé(1999) - Estrada de Infinito e de Paz(2001) - Alumbramentos D´Alma(2010) - Encontro Sertanejo de Escritores(2016) - Antologia Nacional Talento Poético(2015) - Grupo Café Poético & Sarau(2015) - Sociedade Artistas do Brasil(2015) Poemas do Brasil(2015) - Antologia Internacional Asas da Liberdade, "Desde o Brasil atér o Chile em Verso e Prosa(2013) - I Antologia dos Escritores Aracjuanos e Convidados(2015) - I Antologia Poética de Sergipe Poetizando A Vida(2015) - Antologia Nacional, "Poesias Encantadas", Vol. I(2010), Vol. IV(2013), Vol. VII(2014) - Colaborador da Imprensa Escrita do Estado de Sergipe e Além Fronteiras(1982/2016) - Sócio e Fundador do Clube dos Poetas Estanciano, Entidade de Utilidade Públicas Municipal e Estadual, Leis: 819/2016 e 8.092/2016, Fundado em: 24 de Fevereiro de 1991.
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »