22/02/2017 às 08h12min - Atualizada em 22/02/2017 às 08h12min

Energisa se reúne com vereadores para ouvir demandas do município de Leopoldina

Empresa anunciou que está sendo construído o Centro Administrativo do Grupo Energisa e que há previsão de geração de 400 empregos diretos, já tendo iniciado o processo de recebimento de currículos.

Arnaldo Spindola
Encontro com Energisa
Buscando maior integração e proximidade com os órgãos públicos municipais, a Energisa Minas Gerais – Distribuidora de Energia S/A, concessionária de energia no município, reuniu-se com os vereadores de Leopoldina.
 
O encontro aconteceu no dia 17 (sexta-feira), no Salão Nobre da Câmara Municipal. Representando a empresa, estiveram presentes Luciano Sérgio Lacerda Lima – Gerente do Departamento de Serviços Comerciais, Fábio Lancelotti – Gerente do Departamento de Operações, Adauto Sérgio de Azevedo – Coordenador de Relacionamentos e Valdei Xavier de Oliveira – Supervisor Técnico da Agência de Leopoldina. A Câmara Municipal esteve representada pelos vereadores Pastor Darci José Portella, Waldair Barbosa Costa, Kélvia Raquel, Valdilúcio Malaquias, Elvécio de Souza Barbosa e Jurandy Fófano Vieira.
 
Os parlamentares Ivan Nogueira e José Augusto Cabral justificaram suas ausências. A reunião também foi prestigiada pelo Poder Executivo, representado pelo vice-prefeito Marcio Henrique Alvarenga Pimentel e membros de assessoria, além de funcionários do Poder Legislativo, representantes de partidos políticos, membros da imprensa e a população em geral.
 
A apresentação inicial constou de dados sobre a empresa que é o sexto maior grupo em distribuição de energia elétrica no país em número de clientes. A Energisa possui 13 concessões de distribuição em 788 municípios, localizados em todas as regiões do país, com 12 mil colaboradores diretos, atendendo a aproximadamente 6,4 milhões de unidades consumidoras e 16 milhões de pessoas, o que representa 8,1% do Brasil. Em Leopoldina, o Grupo Energisa possui 23115 consumidores com 5645 pontos de iluminação pública.
 
Durante a apresentação, os representantes da empresa também divulgaram os investimentos feitos em 2016 e a previsão para 2017, sendo que os aportes terão como foco melhorias e expansão de redes, proporcionando melhor qualidade do fornecimento de energia. Além disso, ressaltaram o papel social da empresa que patrocina e apóia inúmeras iniciativas que valorizam o desenvolvimento socioeconômico e cultural da região.
 
Outros assuntos também tratados durante o encontro foram: poda de árvores, arborização urbana, obras e ligações provisórias, instalação de equipamentos na rede elétrica com foco na segurança, perdas de energia, reajuste de tarifas, taxas de iluminação pública e inadimplência.
 
Um dos objetivos do encontro era também coletar a demanda local com objetivo de atualizar o planejamento dos empreendimentos previstos para o município. Neste sentido, os vereadores e os demais participantes da reunião fizeram vários questionamentos em relação à existência de postes de madeira, problemas de fios caídos, número elevado de falta de energia, manutenção e ampliação das redes de iluminação pública, prazo para corte do fornecimento de energia após atraso no pagamento da conta, risco de acidentes por cortes de eucaliptos.
 
Um dos assuntos que mais chamaram a atenção foi a Taxa de Iluminação Pública, ocasião em que os representantes da Energisa esclareceram as dúvidas levantadas pelos vereadores.
 
Em seguida, os presentes foram informados que está sendo construído o Centro Administrativo do Grupo Energisa e que há previsão de geração de 400 empregos diretos, já tendo iniciado o processo de recebimento de currículos. A empresa também está disponibilizando um aplicativo para smartphone para agilizar o atendimento à população. Ao final, as pessoas presentes avaliaram o encontro como muito produtivo, informativo e esclarecedor.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »