24/05/2017 às 08h09min - Atualizada em 24/05/2017 às 08h09min

Casa Lar revela em reunião com vereadores que tem déficit de R$4 mil mensalmente

Números foram apresentados por representantes da instituição na Câmara Municipal de Leopoldina.

Ueuler dos Santos Souza – Presidente e Elienay Domingues do Nascimento Souza – Secretaria Executiva.
Um bom público ocupou as cadeiras do salão nobre da Câmara Municipal de Leopoldina para acompanhar a sessão ordinária realizada de segunda-feira, 22 de maio. Em atendimento a um convite do vereador Rogério Campos Machado, estiveram presentes os representantes da Casa Lar, Ueuler dos Santos Souza – Presidente e Elienay Domingues do Nascimento Souza – Secretaria Executiva.

Em seu pronunciamento, Ueuler dos Santos Souza, inicialmente, comentou sobre seu histórico de vida, como morador de rua, participantes de alguns projetos sociais, viciado em drogas e recuperado pelo Grupo Levanta de Novo. Disse que agora estava fazendo alguma coisa para a sociedade, em retribuição às oportunidades que lhe foram oferecidas. Em seguida, o presidente informou que a subvenção mensal da Prefeitura é no valor de R$3.666,00.

Elienay Domingues do Nascimento Souza acrescentou que, além do convênio com o Poder Executivo, a Casa Lar tem como outras fontes de renda uma doação mensal de R$100,00 da Diocese de Leopoldina, convênio com a Energisa e um grupo de colaboradores. Ela explicou que, para receber os recursos, a Casa Lar faz mensalmente prestação de contas dos recursos recebidos no mês anterior. A secretária informou que a receita fica em torno de R$6.000,00, com uma despesa de R$10.000,00.

O presidente e a secretária reconheceram a importância dos parceiros que mantiveram a instituição ao longo desses anos. Segundo eles, no início, a situação era mais difícil, pois não havia o convênio com a Prefeitura. Diante das dificuldades financeiras, eles comentaram que a Casa Lar trabalha dentro de um parâmetro muito apertado e algumas iniciativas que geram gastos não são implementadas em virtude da falta de recursos. Elienay e Ueuler relataram experiências de crianças que foram acolhidas pela Casa Lar e hoje conseguiram construir suas vidas. Eles comentaram que já foram realizados três casamentos dentro da instituição, e uma das mulheres é casada com um empreendedor local que gera cerca de 30 empregos.

Os representantes da instituição falaram com orgulho como a Casa Lar contribuiu para que Leopoldina se tornasse uma referência na área, já que outros municípios procuram saber como é o modelo de trabalho. Elienay informou que, para funcionar, a Casa Lar possui uma equipe técnica com assistente social e psicóloga que são prestadoras de serviço, fazendo o atendimento duas vezes por semana. Ela explicou que a instituição não possui funcionários, que todos os envolvidos são prestadores de serviço.

Em relação ao público atendido, a secretária esclareceu que o número oscila muito e que o ideal é de dez crianças, mas informou que já ocorreu de a Casa Lar receber até 20 crianças. Ela explicou que simplesmente não se pode recusar acolher as crianças, visto que é um processo que envolve o Conselho Tutelar, o Ministério Público e o Poder Judiciário.  Elienay acrescentou que a Casa Lar não trabalha só com as crianças, mas estende seu atendimento também para as famílias. Segundo ela, já ocorreu de o Poder Judiciário determinar o acolhimento de uma família inteira, mas via de regra o público-alvo é de crianças e adolescentes.

Ao final da explanação, presidente e secretária agradeceram a oportunidade de apresentar o trabalho que a Casa Lar realiza em Leopoldina. Eles informaram que a instituição paga aluguel de uma casa, localizada na Chácara do Café Emma, cujo espaço amplo atende às necessidades do projeto. Eles ressaltaram que a Casa Lar está aberta a todos e aproveitaram para convidar os vereadores a visitar a sede da instituição.

Em seguida, os vereadores se alternaram com novas perguntas e com pronunciamentos de reconhecimento ao trabalho social desenvolvido pela Casa Lar.

Fonte: Arnaldo Spindola-Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »