16/08/2017 às 19h02min - Atualizada em 16/08/2017 às 19h02min

29ª Feira da Paz tem programação divulgada

Organizado pela APIL, o evento, além do artesanato mineiro tem comidas típicas e promove shows todas as noites com entrada franca.

Luiz Otávio Meneghite
Começa na quinta-feira, feriado de 7 de setembro, a 29ª edição da Feira da Paz – Feira do Artesanato Mineiro, que será realizada no Parque de Exposições José Ribeiro dos Reis até domingo, 10 de setembro. Considerado o maior evento do gênero de Minas Gerais, a Feira de Artesanato terá sua abertura oficial às 10:00 horas com a benção do local.
 
Na programação organizada pela APIL e com o apoio da Coopleste, Prefeitura de Leopoldina e ACIL, além do Artesanato Mineiro e das comidas típicas, haverá shows todas as noites com entrada franca.
 
De acordo a programação divulgada, na quinta-feira, feriado de 7 de Setembro, a partir das 22:00 horas, haverá show com a dupla Hálvaro & Rodriguez e Banda.
 
Na sexta-feira, 8 de setembro, às 22:00 horas, show com Thaylis& Banda e a partir das 23h30min, show com Os Serafins.
 
No sábado, 9 de setembro, a partir das 22:00 horas, show com Dsnort e às 23h30min, show com Hey Joe.
 
No domingo tem o tradicional almoço a partir das 11:00 horas e às 12:00 horas show com Di Seixas. Em todos os dias haverá suporte do DJ Robinho.



 Elza Gama Peres, presidente da APIL

Feira da Paz tem 29 anos de tradição
 
Criada há 29 anos pela APIL-Associação das Pioneiras de Leopoldina, entidade hoje presidida pela senhora Elza Gama Peres, a Feira da Paz tem reunido anualmente cerca de 150 expositores, média dos eventos anteriores, apresentando o que há de melhor do artesanato mineiro, com produtos que evidenciam a criatividade de artesãos de várias cidades mineiras.
 
No Parque de Exposições José Ribeiro dos Reis, cedido generosamente para o evento pela Cooperativa Agropecuária Região Leste de Minas Gerais, além do artesanato, são montadas várias barracas com comidas típicas de várias nações (Portugal, Itália, Estados Unidos, Síria, Alemanha e Brasil) e no palco acontecem shows variados com artistas locais e regionais.Toda a renda líquida arrecadada é direcionada para entidades filantrópicas ou beneficentes de Leopoldina. A APIL tem em seu histórico a construção do bairro Serra Verde, localizado na margem esquerda da antiga estrada Leopoldina x Cataguases e várias doações para o hospital da Casa de Caridade Leopoldinense.


Os artesãos vêm de várias partes de Minas Gerais.
 
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »