16/08/2018 às 09h27min - Atualizada em 04/09/2018 às 16h27min

Começa nesta quinta-feira (6) a 30ª Feira da Paz

Organizado pela APIL, o evento, além do artesanato mineiro tem comidas típicas e promove shows todas as noites com entrada franca.

Luiz Otávio Meneghite
Começa nesta quinta-feira, 6 de setembro, véspera do feriado do Dia da Independência a 30ª edição da Feira da Paz – Feira do Artesanato Mineiro, que será realizada no Parque de Exposições José Ribeiro dos Reis até domingo, 09 de setembro. Considerado o maior evento do gênero de Minas Gerais, a Feira de Artesanato receberá a Benção às 10:00 horas e terá sua abertura oficial às 18:00 horas.  
 
Na programação organizada pela APIL e com o apoio da Coopleste, Prefeitura de Leopoldina e ACIL, além do Artesanato Mineiro e das comidas típicas, haverá shows todas as noites com entrada franca.
 
De acordo a programação divulgada em convite assinado pela Presidente Elza Gama Peres, na quinta-feira, de 6 de setembro, a partir das 20:00 horas, haverá show com ‘Groove Trip’ e a partir das 22h30min, show com ‘Hey Joe’.
 
Na sexta-feira, 7 de setembro, às 20:00 horas, show com ‘Porteira Elétrica’ e a partir das 23h30min, show com ‘Rodrigo D’Sá & os Serafins’.
 
No sábado, 8 de setembro, a partir das 20:00 horas, show com Davi, Heitor e Banda’ e às 23h30min, show com ‘Surfa’.
 
No domingo, 9 de setembro tem o tradicional almoço a partir das 11:00 horas e às 12:00 horas show com ‘Dé e seu teclado’ e à noite, a partir das 20:00 horas, show com ‘Hermes Viola e Luiz’. Em todos os dias haverá suporte do DJ D.R.O.
 
Feira da Paz completa 30 anos de tradição



Criada há 30 anos pela APIL-Associação das Pioneiras de Leopoldina, entidade hoje presidida pela senhora Elza Gama Peres, a Feira da Paz tem reunido anualmente cerca de 150 expositores, média dos eventos anteriores, apresentando o que há de melhor do artesanato mineiro, com produtos que evidenciam a criatividade de artesãos de várias cidades mineiras.
 
No Parque de Exposições José Ribeiro dos Reis, cedido generosamente para o evento pela Cooperativa Agropecuária Região Leste de Minas Gerais, além do artesanato, são montadas várias barracas com comidas típicas de várias nações e no palco acontecem shows variados com artistas locais e regionais com entrada franqueada ao público todos os dias.
 
Toda a renda líquida arrecadada é direcionada para entidades filantrópicas ou beneficentes de Leopoldina. A APIL tem em seu histórico a construção do bairro Serra Verde, localizado na margem esquerda da antiga estrada Leopoldina x Cataguases e várias doações para o hospital da Casa de Caridade Leopoldinense.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »