28/11/2018 às 19h36min - Atualizada em 28/11/2018 às 19h36min

‘Barreiras que nos Impedem de Fazê-lo Feliz’ foi tema de Seminário em Leopoldina

Evento foi organizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência de Leopoldina.

O I Seminário da Pessoa Com Deficiência organizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência – COMPEDEMOR, foi realizado na terça-feira, dia 27 de novembro de 2018 com o tema “ Barreiras que nos Impedem de Fazê-lo Feliz”. 

O objetivo do seminário foi discutir com a sociedade civil, profissionais da rede sócio assistencial, familiares de beneficiários do Benefício de Prestação Continuada – BPC - LOAS, supervisores e professores da rede pública de ensino, o desenvolvimento de competências na formação de familiares (cuidadores de Pessoas Com deficiência) e de profissionais que prestam serviços a esse público na política da educação, saúde e assistência social para a inclusão garantindo a permanência da pessoa com deficiência de 0 a 18 anos na escola.

Dentre as principais ações para se atingir esse objetivo foi a identificação das barreiras que impedem ou dificultam o acesso e a permanência de crianças e adolescentes com deficiência na escola.

O Programa BPC na Escola tem como objetivo o acesso e a permanência na escola de crianças e adolescentes com deficiência de 0 a 18 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada – BPC/ LOAS. Entre os principais objetivos do programa estão a identificação das barreiras que impedem ou dificultam o acesso e a permanência de crianças e adolescentes com deficiência na escola e o desenvolvimento de ações intersetoriais, envolvendo as políticas de saúde, educação e assistência social.

Para identificar essas barreiras, a equipe técnica dos Centros de Referência de Assistência Social - CRAS, psicólogos e assistentes sociais, aplicam questionários aos beneficiários durante visitas domiciliares e posteriormente, realizam o acompanhamento dos beneficiários e de suas famílias, através do Serviço de Proteção e Atenção Integral a Família _ PAIF.

Na abertura do Seminário, a Secretária Municipal de Assistência Social, Maria do Carmo Brandão Vargas Vilas, explicou a importância do Programa BPC na Escola no município para que as crianças e adolescentes com deficiência possam ter sua inclusão garantida na rede de ensino, explicou também sobre a necessidade da identificação de barreiras que impedem é ou dificultam o acesso e a permanência na escola.        
  
Em seguida tivemos a palestra da Terapeuta Ocupacional, Diara Alencar, que abordou os temas: A diferença da autonomia e da independência, a importância da autonomia mesmo quando não há independência, direito de escolha, a importância da qualidade de vida, lazer, bem-estar e os desejos daqueles que não se comunicam.

Aconteceu também uma apresentação teatral do Grupo Pêra de Cataguases que abordou a temática da inclusão. Finalizando a presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência – COMPEDEMOR, Maria Cêlia Moraes Oliveira, apresentou as diversas barreiras que impedem a pessoa com deficiência ter uma melhor qualidade de vida.

Fonte>  Jalibe Lanne Almeida Dibo-Secretaria Municipal de Assistência Social de Leopoldina
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »