28/11/2018 às 19h53min - Atualizada em 28/11/2018 às 19h53min

Kélvia Raquel sugere pesquisa do PROCON sobre preço de combustíveis em Leopoldina

A Representação propõe uma pesquisa do para avaliar porque os descontos nos preços dos combustíveis para as refinarias não chegam ao consumidor final.

Vereadora Kélvia Raquel
A vereadora Kélvia Raquel defendeu que o Procon realize pesquisa de reajuste dos preços dos combustíveis comercializados na cidade. Durante recente reunião da Câmara Municipal, foi aprovada a Representação nº 017/2018, de autoria da parlamentar, direcionada ao Programa de Proteção e Defesa do Consumidor para que seja feita uma verificação em relação aos preços dos combustíveis praticados em Leopoldina.

Ao justificar sua iniciativa, Kélvia Raquel informou que, nos últimos 30 dias, a Petrobrás repassou 24% de redução no preço do produto para as refinarias, mas frisou que essa medida não impactou no bolso do consumidor. Ele sugeriu que o Procon faça uma avaliação porque essa redução ainda não se refletiu nas bombas em Leopoldina.

Durante a discussão da matéria, os parlamentares Antônio Carlos Martins Pimentel, Rogério Campos Machado e Jacques Villela fizeram manifestações de apoio à proposição e comentaram os preços de combustível cobrados em algumas cidades.

Kélvia Raquel salientou que o Procon deve avaliar se existe mesmo uma resistência dos postos em relação à redução dos preços, o que impede que os descontos das refinarias cheguem ao consumidor final. Ela comentou que, quando o preço do combustível aumenta nas refinarias, imediatamente o reajuste chega às bombas e quando esses valores caem nas refinarias, não existe a mesma reação nos postos.

A Representação ainda recebeu assinaturas de apoio dos vereadores Hélio Batista Braga de Castro, Elvécio de Souza Barbosa, Waldair Barbosa Costa, Rogério Campos Machado, José Ferraz Rodrigues e Valdilúcio Malaquias

Fonte> Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »