16/07/2019 às 09h09min - Atualizada em 16/07/2019 às 09h09min

4º Edital Usina Criativa de Cinema: contemplados

O Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais anuncia o resultado da 4ª edição de concurso voltado para a formação e apoio a realizadores audiovisuais da região.
 
Lançado em 24 de maio, o edital selecionou 04 projetos de obras audiovisuais de curta-metragem, inéditas e originais, que receberão recursos no valor de R$30.000,00 (cada projeto). Cada contemplado receberá consultoria em diversas áreas técnicas para aprimoramento de seu projeto. As obras serão filmadas em cidades da região da Zona da Mata mineira, com equipe técnica e artística local.
 
Em 2019, a COMISSÃO DE SELEÇÃO foi formada por: Elza Cataldo (MG),diretora, roteirista e produtora; Tati Mitre (MG), produtora; Sergio Pedrosa (RJ), produtor. Entre os 21 projetos apresentados, por proponentes de 10 cidades da região, a comissão julgadora chegou ao seguinte resultado:
 
ATÉ AONDE A VISTA ALCANÇA- Documentário/ Visconde do Rio Branco
Proponente: Jader Barreto Lima da Silva
Diretor: Jader Barreto Lima da Silva
 
BANZO- Documentário / Leopoldina
Proponente: Monique Rangel
Diretora: Monique Rangel
 
LUIZ VAI BUSCAR PÃO (ou A INVENÇÃO DO PANETONE)- Ficção / Cataguases
Proponente: Bruna Schelb Correa
Diretora: Bruna Schelb Correa
 
teAR - Experimental / Cataguases
Proponente: Pedro Marcos de Oliveira
Diretor: Pedro Marcos de Oliveira
 
PROJETOS SUPLENTES:
 
Como na edição anterior, além dos 4 projetos selecionados, o comitê de seleção indicou 4 projetos para compor uma lista de espera. Esta será acionada caso haja alguma irregularidade ou impedimento dos projetos contemplados no tocante à análise dos materiais apresentados durante a inscrição, a saber:
Percentual de recursos humanos locais a serem utilizados na composição das equipes dos filmes. Real envolvimento do proponente na equipe do filme. Locais de realização das filmagens. Participação nas consultorias oferecidas pelo concurso. Comprovação de obtenção de direitos autorais envolvidos no roteiro.  Cumprimento das demais exigências do edital para a assinatura do Termo de Compromisso e consequente recebimento dos recursos financeiros.
 
1º Suplente:
CACO DE VIDRO- Ficção / Cataguases
Proponente: Marco Aurélio Andrade Gonçalves
Diretor: Marco Aurélio Andrade Gonçalves
 
2º Suplente:
O MANTO- Ficção / Cataguases
Proponente: Karina de Freitas
Diretor: Bruno Benec
 
3º Suplente:
A ÁRVORE DA LUA- Ficção / Ervália
Proponente: André Luiz Castro e Silva
Diretor: Tobias Resende
 
4º Suplente:
LOUCO É QUEM ME DIZ- Documentário / Ubá
Proponente: Rafaella Pereira Lima
Diretora: Rafaella Pereira Lima
 
Veja quem são os integrantes da Comissão de Seleção
 
ELZA CATALDO – diretora, produtora e roteirista
Formada em Cinematografia pela Universidade de Nanterre e Doutora pela Sorbonne, França. Foi professora e pesquisadora pela Universidade Federal de Minas Gerais, exibidora de cinema em Belo Horizonte, palestrante e professora da Fundação Dom Cabral, consultora do ISVOR/FIAT, do Programa Bahia Criativa, da Casa da Economia Criativa/ SEBRAE. A frente da produtora Persona Filmes, coproduziu os filmes de longa metragem “A Luneta do Tempo”, de Alceu Valença, e no âmbito do Polo Audiovisual em 2010, “Meu Pé de Laranja Lima”, de Marcos Bernstein, e em 2019 irá dirigir "As Órfãs da Rainha", longa metragem de ficção histórica, que será rodado em Tocantins, MG.

TATI MITRE - produtora
Graduada em Cinema e Vídeo pelo Centro Universitário UNA (2008) e pela Escola Internacional de Cinema e TV (EICTV) de San Antonio de losBaños – Cuba, na especialização de produção (2013). Pós graduada em História da Cultura e da Arte pela UFMG (2009) e pesquisadora convidada pelo Departamento de cinema da Facultyof Fine Arts Concordia University – Montreal, Canadá (2015).
 
SÉRGIO PEDROSA – produtor
Executa funções diversas na produção audiovisual há 30 anos. Com passagem pela exibição e distribuição de filmes no setor público e privado, coordenou a área de preservação audiovisual do CTAv – Centro Técnico do Audiovisual, acompanhando a construção do prédio para guarda e preservação de matrizes. Atualmente, trabalha na produção executiva dos projetos para cinema da Viralata Filmes/Benedito Filmes.
 
O FESTIVAL VER E FAZER FILMES - USINA CRIATIVA DE CINEMA é uma iniciativa do Instituto Cidade de Cataguases, em parceria com o Instituto Fábrica do Futuro, a Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho e Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais, com o patrocínio da ENERGISA MINAS, por meio da Lei de Incentivo à Cultura da Secretaria de Estado da Cultural de Minas Gerais.   

 
Serviço:
Edital Usina Criativa de Cinema 2019
Anúncio dos contemplados
Beth Sanna - Assessoria de Comunicação do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais. (31) 988605220 / (32) 99710511
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »