28/07/2019 às 19h59min - Atualizada em 28/07/2019 às 19h59min

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Piedade – Distrito de Piacatuba

Autor desconhecido
Esta fotografia de autor desconhecido e sem data mostra a igreja com parte do emboço das paredes de adobe danificado, sendo restaurada posteriormente.

História

Por escritura de 23 de agosto de 1844, Domingos de Oliveira Alves fez doação de terras para a formação do patrimônio de Nossa Senhora da Piedade. O primeiro cura designado para a capela, cuja construção ocorreu entre 1844 e 1850, foi o Padre Francisco Ferreira Monteiro. A partir de 27 de abril de 1854, com a elevação à Freguesia da antiga vila do Feijão Cru, fica o Curato da Piedade sendo filial da então denominada Freguesia de São Sebastião da Leopoldina. Pertencia ao Bispado do Rio de Janeiro. O Curato de Nossa Senhora da Piedade, que em alguns registros aparece como Curato de Nossa Senhora da Piedade do Rio Pardo, teve seu primeiro assento realizado em 20/04/1851. Por Lei Mineira de 01/12/1873, foi criada a Paróquia da Piedade. E a Lei Mineira nº 3.798, de 17/09/1889, elevou à Freguesia. Segundo Efemérides Mineiras, foi a última criação paroquial feita na Província pelo poder civil, cuja competência cessou com o estabelecimento da República. Pelo Decreto Pontifício de 16/07/1897, foi transferido para a Diocese de Mariana.


(Fonte: Cantoni.pro.br)


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »