27/07/2020 às 10h37min - Atualizada em 27/07/2020 às 10h37min

Pregão Eletrônico para adquirir cestas básicas e kits de higiene é transferido para 31 de julho

Houve aumento no quantitativo a ser adquirido para aumentar a capacidade de atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social, decorrente da COVID.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
Imagem meramente ilustrativa (Jornal Hoje em Dia)
O Diário Oficial dos Municípios Mineiros, publicou nesta segunda-feira, 27 de julho, que o Pregão Eletrônico anteriormente marcado para esta terça-feira, 28 de julho, com o objetivo de aquisição de cestas básicas/kits de alimentos e de cestas básicas/kits de materiais de higiene e limpeza, foi remarcado para a próxima sexta-feira, 31 de julho, às 08h30min com o aumento no quantitativo das cestas a serem adquiridas.

O certame que será presidido pela Pregoeira Oficial do Município de Leopoldina, Tatiane Bonini Cosine, visa aumentar a capacidade de resposta do Sistema Único de Assistência Social (Suas) no atendimento às famílias e aos indivíduos em situação de vulnerabilidade e risco social, decorrente da COVID-19 em Leopoldina

O Pregão será no endereço eletrônico: www.comprasgovernamentais.gov.br O edital encontra-se disponível no endereço indicado e também no site www.leopoldina.mg.gov.br , link Licitação.

O Sistema Único de Assistência Social (Suas) é um sistema público que organiza os serviços de assistência social no Brasil. Com um modelo de gestão participativa, ele articula os esforços e os recursos dos três níveis de governo, isto é, municípios, estados e a União, para a execução e o financiamento da Política Nacional de Assistência Social (PNAS), envolvendo diretamente estruturas e marcos regulatórios nacionais, estaduais, municipais e do Distrito Federal.

O Suas organiza as ações da assistência social em dois tipos de proteção social. A primeira é a Proteção Social Básica, destinada à prevenção de riscos sociais e pessoais, por meio da oferta de programas, projetos, serviços e benefícios a indivíduos e famílias em situação de vulnerabilidade social. A segunda é a Proteção Social Especial, destinada a famílias e indivíduos que já se encontram em situação de risco e que tiveram seus direitos violados por ocorrência de abandono, maus-tratos, abuso sexual, uso de drogas, entre outros.

Fontes>  Edição 2802, de 21/07/2020, do Diário Oficial dos Municípios Mineiros e  Edição 2806, de 27/07/2020, do. Diário Oficial dos Municípios Mineiros


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »