24/02/2022 às 09h06min - Atualizada em 24/02/2022 às 09h06min

Vereadores cobram informações sobre paralisação da obra de esgotamento sanitário do Jacareacanga

José Augusto e Vinícius Queijinho elaboraram requerimentos solicitando informações ao Poder Executivo sobre paralisação da obra.

Canteiro de obras da Estação de Tratameto de Esgoto do Jacareacanga
Anunciada como uma das mais importantes obras da história de Leopoldina, a construção do sistema de esgotamento sanitário das bacias dos córregos Jacareacanga e Três Cruzes está paralisada. Trata-se de uma situação que tem incomodado os vereadores e que já virou tema de discussão nas reuniões da Câmara.

Na sessão ordinária ocorrida no dia 21 de fevereiro de 2022, os vereadores José Augusto Cabral e Vinícius Queijinho apresentaram requerimentos ao Executivo cobrando informações sobre a paralisação desta obra.

Através do Requerimento nº 12/2022, José Augusto Cabral solicitou informações se há algum impedimento para a retomada das obras, além da parte financeira. O vereador também quer saber se a obra atendeu às especificações de execução do contrato, se houve alguma entrega técnica da obra e o percentual concluído da ETE e das redes de esgoto separadamente.

Vinicius Queijinho, através do Requerimento nº 24/2022, questionou o motivo da paralisação e se há previsão de retorno dos serviços. Ele perguntou se está sendo feito o relatório mensal da obra e, em caso positivo, solicitou cópias de todos os relatórios elaborados desde o início dos serviços. O vereador ainda indagou sobre o prazo de término e o valor gastos até a presente data.

Após as discussões regimentais, os requerimentos foram aprovados por unanimidade e receberam assinaturas de apoio dos vereadores Valdilúcio Malaquias, Julius Cezar, Rodrigo Pimentel, Maria Inês Xavier, Gilmar Pimentel, Bernardo Guedes, Edvaldo Franquido Donato e Alexandre Badaró.

O que disse Pedro Augusto durante a campanha de 2020

Durante a campanha eleitoral de 2020, o Jornal Leopoldinense entrevistou, com exclusividade, todos os que concorreram ao cargo de prefeito com as mesmas perguntas e o mesmo espaço concedido a cada um deles. Veja o que respondeu o prefeito eleito Pedro Augusto Junqueira Ferraz.

JL - O que será feito para resolver o problema do esgoto que está poluindo nossos córregos?

Pedro Augusto – O esgoto em nossa cidade corre a céu aberto. É uma vergonha! Nossa cidade precisa ter esgoto tratado. Somos uma cidade de 50 mil habitantes que não tem tratamento de esgoto. Um dos grandes problemas brasileiros de saneamento básico e até mesmo de saúde pública é a falta de esgoto tratado. Isso é um crime e faz com que aumente o número de doenças.  Tratar o esgoto deve ser prioridade das gestões municipais.

Fonte> Portal da Câmara Municipal de Leopoldina e Arquivo do Jornal Leopoldinense

Matéria relacionada:


2021-Vereador Queijinho reclama de paralização das obras de saneamento no Jacareacanga
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »