01/08/2022 às 16h31min - Atualizada em 01/08/2022 às 16h31min

Cícero Gonçalves vence a etapa nacional e Anderson Guimarães a etapa regional do Festival de Viola

Fernanda Espíndola (*)
Os finalistas exibindo seus troféus
Com a composição “Casa de Santo”, o paulista Cícero Gonçalves venceu a etapa nacional da 17ª edição do Festival de Viola de Piacatuba e Gastronomia, disputada na noite desta sexta-feira, 29. O evento premiou ainda os mineiros Valmir Ribeiro de Carvalho, que leva para Contagem a segunda colocação com a canção “Embolada Sertaneja”, e José Roberto Corrêa Ribeiro, de Taquaraçu de Minas, que garantiu a terceira posição com  “Garça Branca”. O paranaense Renato Arruda, de Alto Piquiri, ficou com o troféu de melhor violeiro, interpretando a composição “Pagode Soberano”, de Cido Santos.

Na etapa regional, o juiz-forano Anderson Guimarães, que havia vencido a última edição do Festival, em 2019, garantiu o bicampeonato com a composição “Feito à Mão”. Já o leopoldinense Fabrício Manca ficou com a segunda colocação, interpretando “Água de Choro”.  A canção “Nossa Senhora dos Humilhados” deu ao intérprete juiz-forano Gustavo Duarte a terceira colocação. O troféu de melhor violeiro foi para o leopoldinense Renan de Souza, que interpretou “Água de Choro” ao lado de Fabrício Manca. 


Campeão Nacional- Cícero Gonçalves recebendo a premiação de Eduardo Mantovani​

Este ano, as mostras distribuíram R$ 28 mil em premiações para as duas etapas: 1º lugar: R$  7 mil mais troféu2º lugar: R$ 3 mil mais troféu3º lugar: R$ 1.500,00 mais troféu e Melhor Violeiro: R$ 2.500,00 mais troféu.  

Produzido e coordenado por Maria Lúcia Braga, o Festival de Viola de Piacatuba e Gastronomia é patrocinado pela Energisa, Governo de Minas, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, Prefeitura de Leopoldina, Câmara Municipal de Leopoldina, e conta com apoio da Fundação Ormeo Junqueira Botelho. 

Campeão Regional- Anderson Guimarães- JF recebendo o troféus do prefeito Pedro Augusto​
 
(*) Assessoria de Imprensa do Festival

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »