02/02/2016 às 11h09min - Atualizada em 02/02/2016 às 11h09min

Veja as opções de lazer no feriado de carnaval em Leopoldina

Com grande potencial turístico, município conta com belezas naturais pouco exploradas.

João Gabriel B. Meneghite
É inegável que o litoral brasileiro é uma das opções preferidas de maioria dos mineiros no verão. No entanto, muitos preferem a tranquilidade do interior, principalmente as pessoas que convivem com o estresse de grandes cidades, procurando a calma em municípios como Leopoldina.
 
Com um potencial de desenvolvimento do turismo, o município de Leopoldina, integrante do circuito de Serras e Cachoeiras, é uma boa opção de lazer durante o verão.
 
Dispõe de uma das maiores extensões territoriais da Zona da Mata Mineira. Ao todo são 942,7 km², com grande área rural e circuitos entre serras e montanhas para a prática esportiva de trilhas, mountain bike e cavalgadas.

A existência de belas cachoeiras como a Poeira D’água, localizada no distrito de Piacatuba tem atraído turistas de outras cidades, que aproveitam as belezas naturais do distrito num período de calor escaldante. A represa da Usina Maurício, também localizada em Piacatuba, tem atraído muitos praticantes de esportes aquáticos. (Foto Ilustração)

Apesar de ser um município de interior, com 53.145 habitantes, em Leopoldina há uma excelente estrutura hoteleira, com mais de seis hotéis na cidade. No distrito de Piacatuba, por exemplo, há quatro belas pousadas para um descanso relaxante para toda a família. Há empreendimentos dotados de uma infra-estrutura como sauna, churrasqueira, campo de futebol, piscina com hidromassagem, quartos com ar-condicionado, entre outros. 
 
Com investimentos em eventos de gastronomia e da cultura sertaneja de viola que atraem turistas de todo o Brasil, o distrito virou alvo de investidores.  Pousadas com excelentes infra-estruturas e loteamentos de condomínios e clubes, tornaram o local um ponto turístico mais explorado de Leopoldina. 

Perspectiva do Condomínio Terras de Santo Antônio, em Piacatuba. Projeto inovador de moradia que prevê condomínio e clube com piscinas, sauna, salão de jogos, quadras, campos, salão e festas e eventos, entre outros.
 
Os casarões do século XIX, a rua das Pedras, a Torre da Cruz Queimada, Usina Hidrelétrica, Museu da Eletricidade, a cachoeira Poeira D'água e tantos outros fatores atraem turistas para o pequeno distrito que fica localizado entre os municípios de Leopoldina, Cataguases, Itamarati de Minas e São João Nepomuceno, nas proximidades do Aeroporto da Laginha. 













As fazendas e casarões antigos chamam a atenção de quem passeia pelas estradas rurais do município, principalmente na região dos distritos de Abaíba e Providência, se deparando com lindas construções do século passado. A Fazenda Abaíba (Foto ao lado) é uma delas e guarda uma rica história que contribuiu para evolução de vários criatórios do cavalo Mangalarga Marchador no Brasil, sendo a linhagem ‘Abaíba’ conhecida em todo mundo. 

Muitos aproveitam os passeios pelas estradas rurais utilizando como transporte bicicletas ou cavalos, apreciando com calma,  cada detalhe do percurso, saboreando frutas típicas da região e observando as árvores e matas nativas da extensa zona rural de Leopoldina que dá acesso aos distritos e povoados.
O aluguel de sítios e chácaras na zona rural é outra opção para aqueles que buscam uma confraternização mais reservada com os amigos e a família. Imobiliárias da cidade colocam diversas opções de locais para os interessados.
 
Os clubes sociais também são uma ótima opção durante o dia ensolarado na cidade. O município conta com quatro clubes bem estruturados, sendo um deles campestre e um parque aquático.

Adeptos da pesca encontram nas represas da Barra do Braúna, divisa entre os municípios de Leopoldina, Laranjal, Palma e Recreio várias espécies de peixe. No entanto, por causa da piracema (período de reprodução dos peixes), a pesca só será permitida após 28 de fevereiro.

Essa prática esportiva também é realizada na Usina Maurício, que abrange os municípios de Leopoldina, Itamarati de Minas, São João Nepumuceno e Cataguases. Para aqueles que preferem locais mas tranquilos para pescaria, sítios de pesque & pague são outras das opções. 
  
Para aqueles que buscam renovar as energias através de um contato com a natureza, o parque municipal João Damasceno Portugal, mais conhecido como horto florestal é uma reserva florestal que é sede da Polícia Militar do Meio Ambiente. Abriga várias espécies da fauna e flora silvestres da mata atlântica.
 
É opção de lazer e descanso de várias famílias que passam um dia relaxante, fazendo piqueniques, admirando a natureza e as diversas espécies de pássaros e animais que surgem da mata. É frequentado por pescadores amadores e desportistas que realizam atividades físicas em volta do lago repleto de peixes como tucunaré e tambacu, tilápia, traíra, bagre, cascudo, entre outros.

► Na foto, José Roberto exibe um tambacu de 22kg pescado no Horto Florestal de Leopoldina (Arquivo4º Grupamento PM de Meio Ambiente

Para aqueles que buscam renovar as energias através de um contato com a natureza, apreciar as montanhas das Minas Gerais no alto do Morro do Cruzeiro é uma das opções.


Por do Sol no Morro do Cruzeiro. Foto espetacular registrada por Alan Carvalho. Em primeiro plano o experiente piloto Marlus Furlani . Ao fundo um ultraleve que completa um lindo cenário das belezas naturais de Leopoldina.
 
Entre os dias 06 e 09 de fevereiro acontecerá o IV Carnafly, evento que reúne dezenas de pilotos de parapente no alto daquele morro, que tem uma estrutura de bar, praça de alimentação, banheiros e uma boa música. Os visitantes poderão se aventurar quanto uma experiência única de fazerem vôos duplos com segurança, desfrutando de um visual panorâmico espetacular da cidade. Contato Power Flying Vôo Duplo: (32) 9 9904-7660.
 
PROGRAMAÇÃO DO CARNAVAL
 
Para quem vai ficar na cidade ainda há opções de diversão, apesar de ter sido cancelado os desfiles dos blocos e escolas de samba, haverá uma diversificação de programações e concentrações.
 
Apesar de não ter sido divulgado oficialmente pela Prefeitura Municipal, o jornal Leopoldinense apurou algumas programações em diversos pontos no município.
 
O ‘Carnaval da Saudade’ promete reunir uma multidão todas as noites na Praça do Urubu, principalmente daqueles que gostam de um samba e das tradicionais marchinhas.
 

 
Carnaval nos distritos e povoados
 
O carnaval no distrito de Tebas está a cada ano mais animado. Foliões da cidade sede estão se preparando para lotar o distrito que conta com três blocos: o da Privada, Corujão da Madrugada e o Bloco da Baiana.
 
Já no povoado de Arraial dos Montes (São Lourenço), o carnaval será nos dias 06 e 07: DJ Giovanni e DJ Mauricinho; Dia 07/02: DJ Giovanni e Janaína Gentil.
 
No domingo, 07/02 a partir das 16:00h o Bloco da Concha animará o distrito de Ribeiro Junqueira. Participação do cantor Rodolfo Rocha e DJ Douglas.
 
Outros distritos também organizam suas festas. No entanto não recebemos nenhuma programação. 
 
Nos bairros
No bairro Bela Vista acontece o ‘BV Folia’, na avenida dos Expedicionários com muita música e diversão durante todo carnaval. Já no centro da cidade (Praça João XXIII), o “Bloco do Beiça” reunirá foliões no domingo (07/02), com Bateria nota 1000 e DJ Maclaren.
 
No bairro Mina de Ouro os integrantes do Bloco “Bunecão & Brêja Eu” (foto) se reunirão na rua São Pedro, onde acontece uma concentração ao som de DJ Douglas.
 
O carnaval que nunca acaba
 
O Bloco dos Descamisados completa 51 anos de fundação e homenageia o Folião Zé Maria Domingues. Nando Bagagau compôs o samba que cita também outros integrantes do mais antigo bloco caricato de Leopoldina. A concentração mais uma vez será na esquina da Cotegipe com Tiradentes na segunda de carnaval (08/01).
 

 
 
Bloco Caricato
   
O bloco caricato Bão Igual Bosta, vai completar dez anos de existência, com previsão de seu desfile às 18h da terça-feira de carnaval (09/02). A concentração acontece na rua José Pires no Pirineus, onde os foliões descem o morro desfilando até o centro da cidade.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »