21/03/2016 às 08h20min - Atualizada em 21/03/2016 às 08h20min

Ministério Público de Leopoldina terá Correições Ordinárias em abril

Na ocasião serão recebidas informações, sugestões ou reclamações sobre os serviços e sobre os Promotores de Justiça.

Luiz Otávio Meneghite
O Ministério Público de Minas Gerais irá realizar Correição Ordinária nas quatro Promotorias de Justiça da Comarca de Leopoldina, nos dias 14 e 15 de abril. Para não haver paralisação total dos serviços das promotorias e consequente prejuízo para a população, foi feita um escala dos horários das correições: No dia 14, na parte da manhã, 1ª Promotoria e na parte da tarde a 2ª  Promotoria. No dia 15, na parte da manhã será a vez da 3ª Promotoria e na parte da tarde, a 4ª Promotoria.

A comunicação do trabalho foi por meio de edital assinado pelo Corregedor Geral, procurador de Justiça Paulo Roberto Moreira Cançado e divulgada à imprensa pelos promotores de justiça lotados em Leopoldina: Gustavo Garcia Araújo, José Mauro Pereira Lima, Lucia Helena Dantas da Costa e Sérgio Soares da Silveira.  


Os Promotores de Justiça de Leopoldina

A correição ordinária é um trabalho de rotina da Corregedoria-Geral do Ministério Público do Estado de Minas Gerais, em todas as Promotorias de Justiça do Estado Mineiro de dois em dois anos, com o objetivo de verificar a regularidade dos trabalhos desenvolvidos.

Segundo o comunicado, por ocasião dos serviços correicionais serão recebidas informações, sugestões e/ou reclamações sobre a execução dos serviços, bem como, quanto as pessoas dos representantes do Ministério Público na Comarca de Leopoldina.

Corregedoria-Geral

A Corregedoria-Geral do Ministério Público é Órgão orientador e fiscalizador das atividades funcionais e da conduta dos membros da Instituição. Cabe ao corregedor-geral do Ministério Público realizar inspeções e correições nas Promotorias de Justiça; instaurar, em caso de falta funcional, processo disciplinar administrativo contra os membros da Casa; acompanhar o estágio probatório dos promotores de Justiça e organizar o prontuário mediante o qual se avalia o merecimento para fins de promoção ou remoção.

 Fonte: Ministério Público do Estado de Minas Gerais.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »