02/06/2016 às 09h08min - Atualizada em 02/06/2016 às 09h08min

Vazamento em obra da Copasa pode estar afetando casas na rua José Lintz

Moradores estão preocupados e querem agilidade na resolução do problema

TEXTO E FOTOS: João Gabriel B. Meneghite

O rompimento de uma adutora da Copasa - Companhia de Saneamento de Minas Gerais, que abastece toda a cidade de Leopoldina, ocorreu na manhã de domingo (29/05). Uma grande quantidade de água jorrou pela rua José Lintz e a empresa deslocou uma equipe para o local.

Apesar de ter restabelecido o abastecimento de água na noite do mesmo dia do incidente, a obra não foi finalizada, e a rua continua interditada, com uma cratera aberta.

Moradores procuraram o jornal Leopoldinense para relatar que o vazamento de  água continua, apesar de estar em proporções menores. Eles informaram ainda que a Copasa colocou duas ‘luvas’ numa tubulação de seis metros, não conseguindo conter o vazamento em sua integralidade, necessitando de uma peça para finalizar o serviço.

Dona Gilda Almeida Machado, de 79 anos, mora em frente da obra, está preocupada com maiores conseqüências do acúmulo de água formado na cratera, principalmente após a grande quantidade de chuva no final da tarde desta quarta (01/06).

Já Ana Maria Braga mora numa casa abaixo do nível da rua e mostrou as infiltrações decorrentes do vazamento. Ana disse que a Defesa Civil informou que não há riscos, mas ela demonstrou preocupação com o surgimento de novas marcas na parede.


► Ana Maria mostra infiltrações nas paredes de sua casa. 

Outra preocupação registrada pelos moradores,foi em relação ao trânsito de pedestres no local, que passam bem próximo ao buraco, conforme o registro de fotografias.




NOTA DA COPASA:


A Copasa informa que a conclusão dos serviços estava prevista para ocorrer hoje (02), mas em decorrência das fortes chuvas que atingem a região, a manutenção foi reprogramada para amanhã (03/06).

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »