17/10/2016 às 08h52min - Atualizada em 17/10/2016 às 08h52min

Kung Fu de Leopoldina conquistou 5 medalhas no Sul Americano em Buenos Aires

“Se você encontrar um caminho sem obstáculos, ele provavelmente não leva a lugar nenhum.” (Frank A. Clark)

A equipe de Leopoldina em Buenos Aires
Entre os dias  6 e 9 de outubro deste ano, a Escola Táng Láng Quán de Kung Fu de Leopoldina/MG, participou do 1º Campeonato Sul Americano de Whushu Tradicional e a 1ª Copa Sul Americana de Sandá, em Buenos Aires, na Argentina. A Escola levou 6 atletas para a competição do Tradicional e 1 atleta do Sandá.

O mestre Betinho, o professor Jean Ferraz e a mãe de atleta e também atleta Juliana Silva, acompanharam os alunos de Leopoldina em Buenos Aires e no retorno a Leopoldina fizeram contato com o jornal Leopoldinense anunciando os ótimos resultados obtidos nas competições: “Trouxemos para casa 5 medalhas sendo 3 de prata e 2 de bronze em competições de altíssimo nível de competitividade”, disse Mestre Betinho.

Cada categoria teve entre 15 a 18 participantes representando 9 países da America do Sul: Brasil, Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Uruguai, Paraguai, Peru e Venezuela. Os atletas do Tradicional tiveram duas apresentações cada, uma com mãos livres e a outra com armas, e uma luta de Sandá, na categoria juvenil até 52 kg, que foram divididas em 2 dias de competição.

A classificação final da equipe foi a seguinte: Braz Heverton de Oliveira Mota- 9º lugar em mãos e 2º lugar em armas com bastão; Carlos Augusto Santos Nunes- 5º lugar em mãos e 3º lugar em armas com lança; Fernanda Cruz Lima- 6º lugar em Mãos e 5º Lugar em armas com o sabre; Igor da Silva Reis- 4º lugar em mãos e 4º lugar em armas com o leque; Luiz Paulo da Silva Barbosa- 11º lugar com mãos e 3º lugar com leque; Thiago da Silva Coelho 7º lugar em mãos e 2º lugar em armas com bastão;  Whashington José Santos da Silva – 2º lugar no Sandá juvenil até 52 kg. A Delegação Brasileira ficou em primeiro lugar geral no Campeonato.


De volta a Leopoldina, a delegação da  Escola Táng Láng Quán de Kung Fu  fez questão de agradecer pessoalmente ao prefeito José Roberto, à  secretária de Educação, Regina Lúcia Barbosa Brito de Oliveira, à secretária de Esportes, Jussara de Almeida Thomaz, ao responsável pelo transporte José Geraldo Cevidanes  e ao condutor Luiz Carlos ‘Peão’, além dos  pais, amigos e colaboradores que tornaram essa viagem possível através dos eventos da academia durante o ano e ao apoio incondicional obtido ao longo da trajetória de conquistas. Mestre Betinho assim se manifestou: “Agradecemos a nossa grande família Táng Láng Quán por todo o carinho e por sempre acreditar em nossa capacidade. Vocês fazem toda a diferença!”, exclamou. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »