19/08/2015 às 09h49min - Atualizada em 19/08/2015 às 09h49min

REPTO DO SENTIR

Cláudio Araújo

Se eu pudesse:

Te amar, te beijar te abraçar!

Ver os teus olhos apenas brilharem,

Aos teus ouvidos poder sussurrar.

Sentir o teu corpo estremecer de arrepios,

De gozo e de prazer incontido,

No Altar do meu Ser.

Porque "sem querer" chega e descarta

Toda a singeleza desse Amor!?

Aqui está o repto sentir,

Toda a vontade de sempre perder-me...

Para não mais me encontrar

E aquecer-me no calor dos teus braços.

Te amor, te quero... e só!

(*) Autor dos Livros de Poesias: Horizontes de Liberdade e Fé(1999) - Estrada de Infinitp e de Paz(2001) - Alumbramentos D´Alma(2010) - Antologia Poética Nacional "Poesias Encantadas", Vol. I,(2010) - Vol. IV,(2012), Vol. VII(2014) - Antologia Nacional Talento Poético(2015) - Antologia Internacional Asas da Liberdade, "Desde o Brasil até o Chile em Verso e Prosa"(2013) - Colaborador da Imprensa Escrita do Estado de Sergipe e Além Fronteiras(1982/2015) - Sócio e Fundador do Clube dos Poetas Estanciano, Lei 19/1991, Entidade de Utilidade Pública do Município de Estância(Se), Fundado em: 24 de Fevereiro de 1991.

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »