11/07/2016 às 08h57min - Atualizada em 11/07/2016 às 08h57min

SEMPRE TEM UM PREÇO!

Cláudio Araújo
E contemplei faces tristes,
Sorrisos ressabiados em dias alegres.
Vi a beleza dum encontro
Ser consolidado em Nome do Amor.
Dis preceitos dum "deus criado"! Será?
E, naquele instante, senti-me morrer um pouco,
Ao ver Benção de Vida ser negociada...
Como tudo ao derredor sempre tem um preço,
Às vezes alto demais e interessa a alguém!
Não tem significado algum quem "quer comprar"
Aquilo que não pode ser comprado!
O sentir mais precioso de todo ser.
(*)Autor dos Livros de Poesias: Horizontes de Liberdade e Fé(1999) - Estrada de Infinito e de Paz(2001) - Alumbramentos D´Alma(2010) - Encontro Sertanejo de Escritores(*2016) - Antologia Internacional "POESIAS SEM FRONTEIRAS"(2016) - Antologia Nacional Talento Poetico(2015) I Encontro  de Escritores Aracajuanos e Convidados(2015) - Antologia Nacional "Poesias Encantadas", Vol. I (2010), Vol. IV(2012), Vol. VII(2014) - I Antologia Poética de Sergipe poetizando A Vida(2015) - Grupo Poemas do Brasil(2015) - Sociedade Artistas do Brasil(2015) - Grupo Café Poético & Sarau(2015) - Revista dos Escritores de Piracicaba(2016) - Antologia Internacional Asas da Liberdade, "Desde o Brasil até o Chile em Verso e Prosa(2013) - Colaborador da Imprensa Escrita do Estado de Sergipe e Além Fronteiras(1982/2016) - Sócio e Fundador do Clube dos Poetas Estanciano, Entidade de Utilidade Públicas Municipal e Estadual, Leis: 819/1991 e 8.092/2016, Fundado em: 24 de Fevereiro de 1991.
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »