22/05/2017 às 17h31min - Atualizada em 22/05/2017 às 17h31min

Diretores da APAE/Leopoldina prestam esclarecimentos aos vereadores

O presidente José do Carmo Fófano Vieira justificou as dificuldades financeiras ao apontar a falta de pontualidade no recebimento do SUS e COMAS.

Arnaldo Spindola
Dirigentes da APAE-Leopoldina na Câmara de Vereadores
Em atendimento ao convite formulado pelos vereadores Rosalvo Domiciano Flauzino e José Ferraz Rodrigues, membros da diretoria da APAE visitaram a Câmara e participaram da sessão ordinária realizada no dia 16 de maio. Representando a instituição, estiveram presentes José do Carmo Fófano Vieira – Presidente, Antônio Oilian de Souza – Vice-Presidente e Maria Célia Moraes de Oliveira – Diretora.

Em seu pronunciamento, José do Carmo explanou sobre a atual situação da entidade, com um balanço de receitas e despesas. Segundo ele, mensalmente, a receita da APAE atinge o montante de R$48.833,00 e as despesas somam R$49.180,00. O quadro de funcionários possui 51 profissionais, sendo 34 da própria APAE, 11 do Estado e 6 da Prefeitura, que fazem atendimento a 287 assistidos, entre crianças, adolescentes e adultos.

José do Carmo justificou as dificuldades financeiras ao apontar a falta de pontualidade no recebimento do SUS e COMAS. Disse, inclusive, que há cinco meses não recebe repasses do PIPA, que corresponde a uma complementação do SUS pelo Governo do Estado no valor de R$4.500,00. O presidente informou que a subvenção mensal da Prefeitura é de R$3.667,00 e ponderou que esses valores devem ser atualizados.

Ele ressaltou que, apesar de possuir uma boa estrutura física, a APAE enfrenta dificuldades para garantir um atendimento de qualidade aos seus assistindo e citou, como exemplo, o fato de um consultório dentário estar parado há 60 dias em virtude de falta de material.

José do Carmo mostrou-se orgulhoso ao afirmar que preside uma dos poucas instituições cujo funcionamento vai até as 21h30min, graças à abnegação de sua diretora Celinha. Ele registrou que o trabalho vem gerando bons resultados, já que alunos da APAE já estão inseridos no mercado de trabalho, prestando serviço na APA, no Supermercado Fonte e no Supermercado Bahamas.

O Presidente informou que, no próximo dia 02 de junho, a APAE completará 36 anos de fundação em Leopoldina e anunciou que a meta é levar a entidade para a sociedade e trazer a sociedade para dentro da APAE. Com esse objetivo, comentou que vem implementando transparência em todas as suas ações para que a população possa se sentir motivada a se tornar parceira. Ele frisou que pretende aumentar para 5000 o número de contribuintes a fim de dar um suporte financeiro necessário para melhorar as condições de trabalho, possibilitando que os funcionários possam cada dia mais se doar em prol dos alunos e familiares.

José do Carmo comentou o resultado obtido na realização de um leilão no parque de exposição e confirmou que parte da arrecadação já foi utilizada para complementar a folha de pagamento. Ele aproveitou para solicitar ajuda dos vereadores no sentido de tentar, através dos deputados estaduais e federais, sensibilizar o Estado para que cumpra com suas obrigações. Além disso, solicitou aos parlamentares que, caso haja sobra de recursos financeiros do orçamento do Legislativo, seja proposto ao Poder Executivo destiná-los às entidades assistenciais do município.

Ao final, parabenizou os edis pelo trabalho e confessou que se sentiu honrado com o convite. Disse que as entidades estão muito bem representadas pelos vereadores e elogiou a iniciativa de dar oportunidade para que elas se manifestem e apresentem seus trabalhos nas sessões do Legislativo.

Durante a reunião, Antônio Oilian e Maria Célia também fizeram pronunciamentos e, juntamente com José do Carmo, responderam às perguntas feitas pelos vereadores que se alternaram em pronunciamentos de reconhecimento à importante função social desempenhada pela APAE.

Fonte: Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »