29/03/2018 às 21h19min - Atualizada em 29/03/2018 às 21h19min

Polo Audiovisual inicia ano com produção do longa-metragem “Arigó”

No dia 27 de março teve início, em Cataguases, as filmagens do longa-metragem “ARIGÓ”, que irá contar a fascinante história de um dos maiores médiuns brasileiros. José Pedro de Freitas, conhecido como Arigó, realizou milhares de cirurgias e curas espirituais, atraindo multidões em sua cidade natal, Congonhas, Minas Gerais. Ele morreu em 1971, aos 51 anos de idade, em um acidente automobilístico.  
 
O filme é uma produção da Moonshot Pictures (SP), associada a FJ Productions (SP) e Camisa Listrada BH(MG), com direção de Gustavo Fernández, reconhecido por suas realizações na TV como a novela “Avenida Brasil”, “Além do Horizonte” e a recente minissérie “Os dias eram assim”. No elenco, grandes estrelas: Danton Melo e Juliana Paes, no papel de Arigó e sua esposa, e ainda Alexandre BorgesMarcos CarusoMarco Ricca e Carlos Meceni. Quem assina o roteiro é Jaqueline Vargas.  
 
As filmagens acontecem em vários pontos de Cataguases até o dia 06 de abril.  Numa segunda etapa, a produção prossegue com locações em Rio Novo, também na Zona da Mata, e em Congonhas, envolvendo cerca de 300 pessoas na produção, dentre artistas, produtores, técnicos, figurantes, prestadores de serviços e fornecedores locais.
 
A produção é mais ação do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais, em parceria com a Fundação Cultural Ormeu Junqueira BotelhoFábrica do Futuro, com apoio da Prefeitura Municipal de Cataguases e patrocínio da ENERGISA, por meio da Lei de Incentivo à Cultura de Minas Gerais.
 
Sinopse:

Amado, incompreendido e odiado. Esta é a fascinante história real de um homem  simples que realizou cirurgias e curas espirituais  extraordinárias em Congonhas, MG. José Pedro de Freitas, o Zé Arigó, se tornou a esperança de cura para milhões de pessoas.  Abençoado ou amaldiçoado, Arigó viveu em uma época em que o espiritismo não era uma religião  difundida no Brasil, sofrendo preconceitos da  sociedade, da comunidade médica e da justiça, levando-o a prisão.
 
 
Contato:
Beth Sanna - Assessoria de Comunicação do Polo Audiovisual ZM.
(32) 9 9971.0511

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »