20/10/2020 às 09h25min - Atualizada em 20/10/2020 às 09h25min

Ato oficial cria feriadão de 4 dias em Leopoldina no fim de outubro

Dia do Servidor Público foi transferido para 30 de outubro, uma sexta-feira e na segunda-feira, 2 de novembro é feriado nacional dedicado ao Dia de Finados.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
A maioria das repartições municipais funciona no edifício Athenas Shopping(Foto João Gabriel B. Meneghite)
O prefeito José Roberto de Oliveira e o secretário municipal de Administração, Bruno Flores Gonçalves, assinaram em conjunto o Decreto n.º 4.716/2020 publicado na edição nº 2865, de 20/10/2020 do Diário Oficial dos Municípios Mineiros, declarando ponto facultativo nas repartições públicas municipais na sexta-feira, dia 30 de outubro de 2020 em razão da comemoração ao Dia do Servidor Público, que oficialmente ocorre sempre no dia 28 de outubro.

Segundo o ato oficial, neste dia permanecerão em funcionamento apenas os serviços considerados emergenciais. Como na segunda-feira é feriado nacional dedicado ao Dia de Finados, ficou criado um feriadão de 4 dias no serviço público municipal de Leopoldina.

O Dia do Servidor Público

O Dia do Servidor Público surgiu através do Conselho Federal do Serviço Público Civil, recordando a criação das leis que regem os direitos e deveres dos servidores públicos - Decreto Lei nº 1.713, de 28 de outubro de 1939. Mas, o Dia do Servidor Público foi criado pelo artigo 236 da Lei 8.112 de 11 de dezembro de 1990, afirmando que 28 de outubro é oficialmente o Dia do Servidor Público no Brasil.


Cemitério Público Municipal Nossa Senhora do Carmo (Foto: Luciano Baía Meneghite/Arquivo)

O Dia de Finados

Em 2 de novembro, é o Dia de Finados, ou Dia dos Mortos (ou simplesmente Finados). É um feriado católico, celebrado desde o século II como uma maneira de homenagear e lembrar os entes queridos que já morreram. O dia de finados no Brasil é um dia de pensamentos, lembranças daqueles que partiram e também de valorização da vida. Aqui, é típico ir ao cemitério visitar o túmulo de seus entes queridos para deixar-lhes flores e fazer orações para eles. Também é muito comum ir às igrejas e fazer missas pelas pessoas que já se foram.

Fontes>  Diário Oficial dos Municípios Mineiros/Conjur-Consultor Jurídico e Wikipédia
 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »