20/07/2021 às 09h05min - Atualizada em 20/07/2021 às 09h05min

José Wilson Barbosa de Rezende lança coleção de livros

Jornal Leopoldinense
Nascido e criado em Leopoldina, José Wilson Barbosa de Rezende tem 74 anos, casado com a professora Cidinha Freire, pai de Márcio e avô de Matheus. Estudou no Educandário Santa Terezinha e na Escola Estadual Professor Botelho Reis. Foi comerciante, trabalhou no ramo de refeições industriais e indústria de fiação. Foi secretário municipal de Fazenda de Leopoldina entre 2000 e 2008 e provedor da Casa de Caridade Leopoldinense entre 2007 e 2008. Aposentado, morando em Juiz de Fora, passou a se dedicar mais a escrever, inspirado pelo neto Matheus.

Há cerca de 12 anos Zé Wilson lançou o livro infantil “Quer que eu conte Outra Vez? ” Ilustrado por Luciano Baía Meneghite. Desde esta época, já planejava o lançamento de outras obras.

O sonho adiado, foi enfim realizado em 2021 com o lançamento pela editora Autografia de uma coleção de seis livros intitulada “Histórias Contadas por Vovô Jotinha”. 

Como a própria descrição incluída em um dos livros, José Wilson pensa e escreve como uma criança para outra criança. Histórias curtas e com linguagem simples e direta. O autor tem sempre a preocupação de deixar uma mensagem positiva e instrutiva.

Os livros “Histórias Contadas por Vovô Jotinha” e “A Corujinha Zóia” são duas coletâneas de histórias infantis. Outra história infantil está no livro “O Casamento da Borboleta”. Estes também contam com ilustrações de Luciano.

O livro “Memórias de um Matuto“ narra a amizade entre um menino e um simples agricultor analfabeto contador de causos. Ilustra a capa uma pintura do artista leopoldinense Paulo Roberto Lisboa.

Em “Crime na Mansão”, José Wilson entra no suspense, numa história com início na época do Brasil Império. Um crime ocorrido em Verbena, uma pequena Vila do interior, claramente inspirada em Piacatuba. Inclusive ilustram a história imagens do distrito leopoldinense.

Por fim, em “As Aventuras do Detetive Olhinho”, Jotinha retorna à Vila de Verbena, que está prestes a ser elevada a cidade. O detetive, que participou das investigações em “Crime na Mansão” torna-se reconhecido internacionalmente.

Os livros podem ser adquiridos pelo lnstagram "escritorvovojotinha”

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »