30/01/2016 às 10h12min - Atualizada em 30/01/2016 às 10h12min

Morre aos 81 anos Tarcísio Henriques, um ícone na política cataguasense

O ex-prefeito faleceu por volta das 9 horas, no Hospital de Cataguases

Tarcísio Humberto Parreiras Henriques, morreu aos 81 anos em Cataguases.
Nascido em 06 de outubro de 1934, Tarcísio Humberto Parreiras Henriques, foi advogado, jornalista e um dos mais importantes políticos de Cataguases, muito conhecido no cenário mineiro. Iniciou sua carreira política como vereador no município no período de 1966 a 1970, retornando em 1972 até 1976, após passar um período como vice-prefeito de 1970 a 1972.
 
Em 1983, se elegeu prefeito de Cataguases, onde permaneceu até 1988, sendo considerado um dos melhores prefeitos da época, deixando o cargo muito bem avaliado pela população e conseguindo eleger seu sucessor, o médico Paulo Schelb. Sua boa gestão, lhe proporcionou seu primeiro mandato como deputado estadual em Minas Gerais na 12ª legislatura no período de 1991 a 1994, pelo PMDB, sendo reeleito em 1994 na 13ª legislatura, mas renunciou para assumir a Secretaria de Estado de Justiça em 1995, onde permaneceu até março de 1998.
 
Em 2005, se elegeu novamente prefeito de Cataguases para o período de 2005 a 2008, mas pegou um Município muito endividado, o que não lhe trouxe muitas realizações, mas conseguiu diminuir a dívida e colocar a prefeitura novamente entre os bons pagadores. Tentou se reeleger mas perdeu a eleição para o jovem político do PSDB, Willian Lobo.
 
Recentemente, Tarcísio retornou ao cenário político cataguasense, ao conseguir tomar o PMDB e se colocou inclusive como pré-candidato a prefeito novamente, com a frase: "A onça está velha mas as garras estão afiadas".
 
Adorado por muitos, fez história na política cataguasense e até hoje se encontra pelas ruas os que se dizem "Tarcisistas".
 
Tarcísio foi também presidente do Ipsemg (1989 a 1990) e Secretário Adjunto de Estado da Casa Civil (1990).
 
Fonte: Mídia Mineira
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »